Cidadeverde.com
Entretenimento

Tom Brady diz estar tentando fazer o seu melhor após divórcio de Gisele

Imprimir

AgNews

Tom Brady, 45, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, afirmou que está tentando fazer o seu melhor após o divórcio de Gisele Bündchen, 42 -o casal estava junto desde 2009 e têm dois filhos juntos: Benjamin, 12, e Viviane, 9.

"Sempre tentei fazer o melhor que pude aqui [nos Bucs] e, quando saio daqui, tento fazer o melhor que posso, e é isso que todos tentamos fazer", iniciou Brady em coletiva de imprensa ontem.

"Tenho certeza de que todos sentados nesta sala, sentados em casa, apenas tentando acordar todos os dias fazendo o melhor que podem por suas famílias e suas carreiras, e eu não sou diferente", acrescentou.

Os Buccaneers estão com três vitórias e cinco derrotas na NFL, e se quiser chegar nos playoffs precisa melhorar. A última partida da equipe de Brady foi contra o Baltimore Ravens, uma derrota por 27 a 22 em casa.

Ontem, o site americano Page Six -especialista no mundo das celebridades- revelou que o processo de separação entre Brady e Gisele foi rápido por conta de um acordo pré-nupcial rígido entre os dois.

"Houve um acordo pré-nupcial rígido estabelecido antes de eles se casarem em 2009. Ambos têm suas próprias entidades comerciais separadas, então a separação de suas riquezas não foi tão complicada no final. O único outro fator importante foi dividir seu enorme portfólio de propriedades", disse uma fonte ouvida pelo site.

Segundo a imprensa dos Estados Unidos, o principal motivo para o fim foi a decisão de Brady de retornar da aposentadoria e disputar mais uma temporada da NFL, o que diminui a atenção dele para a família.

O quarterback anunciou em fevereiro o fim da carreira, mas voltou atrás em março e assinou por mais uma temporada com os Bucs.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir