Cidadeverde.com
Picos

Professora relata relevância e confiança dos candidatos sobre tema da redação do Enem

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal

Silvelena Pinheiro

Neste domingo (13) foi realizado o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2022 (Enem). Entre os conteúdos abordados está a redação que trouxe como tema "Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil". Ao Cidadeverde.com/picos a professora de Literatura e Redação, Silvelena Pinheiro, destacou a relevância da temática.

“A avaliação que eu faço é que foi um tema de bastante relevância. O Enem já vinha abordando a questão de minorias sociais, que condição social quanto à dificuldade de garantia dos direitos sociais e esse tema de 2022 só evidenciou mais ainda isso. Eu falei para os meus alunos desde o início do ano que seria um tema de ordem social e entre tecnologia, educação ou minorias sociais, e a prova trouxe minorias”, frisou a professora.

A educadora Silvelena Pinheiro ainda ressaltou que os candidatos relataram ter familiaridade e que gostaram muito do tema.

“Os alunos relataram que gostaram muito do tema, se sentiram mais confiantes na hora de abordar. Agora o que é interessante frisar é que o Tema não era sobre povos indígenas especificamente, era sobre povos indígenas, quilombolas, ribeirinhos. Então é analisar isso para que não tenha ocorrido caso de tangencialmento do tema”, concluiu.

A  redação  é uma importante etapa do  Enem, onde o  candidato   deve produzir um texto dissertativo e defender ponto de vista. A mesma vale 1000 pontos e é formada pela pontuação das cinco competências que mencionamos anteriormente. Os professores da banca examinadora dão uma nota entre 0 e 200 pontos para cada uma das cinco competências. A nota final da redação é média aritmética das notas totais dadas pelos professores. 


Paula Monize
[email protected]

Imprimir