Cidadeverde.com
Cidades

Macaco visto lavando louça é capturado e Ibama vai confirmar "identidade"

Imprimir

Dois meses após passar por reabilitação e ser solto, tudo indica que o macaco-prego, carinhosamente chamado de Chico, voltou a fazer traquinagem. No início desta semana, moradores do município de Aroazes, no interior do Piauí, foram surpreendidos com um animal com as mesmas características e "modus operandi" do Chico que viralizou nas redes sociais, em junho deste ano, após ser flagrado amolando uma faca. O secretário municipal de Meio Ambiente, Oton Soares, confirmou que, nesta quinta-feira (08), funcionários de uma fazenda recapturaram o bicho que foi visto lavando louça, roupa e, o que não podia faltar, amolando faca. 

"Foi recapturado agora por funcionários de uma fazenda que fica na área do santuário. São pessoas treinadas pelo Ibama e que têm parceria com o município. Ele foi visto em cenas cotidianas na zona Rural da cidade há cinco dias. Foi capturado uma vez no início da semana, mas se soltou", conta o secretário.

Imagens do Chico apreendido em outubro deste ano

Oton Soares explica que após a reabilitação Chico foi solto em uma área de santuário na cidade. Contudo ainda não é possível confirmar que se trate do mesmo animal. 

"O município de Aroazes tem parceria com a Semar e o Ibama, pois temos umas áreas de santuário, onde a gente solta animais apreendidos após a reabilitação. O Chico foi solto aqui, mas não podemos confirmar que realmente é ele. Na semana passada apareceu esse macaco aprontando nas casas. Agora que foi capturado, vamos levá-lo ao Ibama para confirmar se é ele", conta o secretário. 

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

Assim como Chico, o macaco-prego capturado é considerado dócil. 

"Ele deixa as pessoas se aproximarem, mas se zanga quando vê a jaula ou quando sabe que a intenção é prendê-lo. Ele se zanga, tenta morder e sai. Estávamos tentando pegá-lo com os menores prejuízos, por exemplo, sem uso de medicamentos para dormir. Não tem histórico de ataques à residências ou dele mordendo as pessoas. Ele está no ambiente dele e estávamos em contato permanente com o Ibama", conta Oton Soares. 

A confirmação sobre a "identidade" do macaco só será possível após a captura, o que deve acontecer nos próximos dias. O verdadeiro Chico possui um  microchip monitorado pelo Ibama. 

 

Matérias relacionadas

Após viralizar na internet, macaco flagrado com faca é capturado pelo Ibama

Macaco flagrado com faca recebe chip e será monitorado pelo Ibama após soltura

Graciane Araújo
[email protected]

Imprimir