Cidadeverde.com
Esporte

Quais os planos de Vitor Pereira para time do Flamengo até o Mundial

Imprimir

O técnico Vítor Pereira estreou pelo Flamengo no último domingo (15), na goleada por 4 a 1 sobre a Portuguesa, e escalou a força máxima da equipe. 

Faltando apenas duas semanas para o início do Mundial de Clubes, a pergunta que fica no ar é se o treinador manterá os principais jogadores nos cinco jogos que acontecerão antes do torneio no Marrocos.

Vítor Pereira manterá a força máxima da equipe na partida desta quarta (18), contra o Madureira, em Cariacica (ES), pelo Campeonato Carioca.

"Eu preciso desses jogos para preparar o time para o jogo da Supercopa, por isso vamos com os titulares, dar tempo de jogo a eles. Ainda estou tomando decisões, então não tem ninguém que seja titular, todos podem ser. Mas vamos com o melhor time e melhores jogadores", disse Vítor Pereira após a vitória sobre a Portuguesa.

A ideia é que a estratégia também se repita no duelo contra Nova Iguaçu, no sábado (21), no Maracanã.

Na sequência há um compromisso com o Bangu, no dia 24, e nesta partida Vítor Pereira deverá poupar os principais jogadores.

A força máxima da equipe volta no dia 28, quando o Flamengo disputará a Supercopa em jogo único contra o Palmeiras, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Antes da viagem para o Marrocos o Flamengo jogará ainda no dia 1º de fevereiro contra o Boavista, no Maracanã. Nesta partida os principais jogadores serão poupados e a equipe que entrará em campo será formada por reservas e atletas do sub-20.

O Flamengo embarcará para o Marrocos na noite do dia 2, chegando no país-sede do Mundial de Clubes na madrugada do dia 3.

A estreia do clube rubro-negro na competição acontecerá no dia 7, na semifinal, na cidade de Tânger, contra o vencedor do duelo entre Wydad Casablanca e Al-Hilal, que se enfrentarão nas quartas. 

Caso avance para a final, o Flamengo voltará a entrar em campo no dia 11, às 16h (horário de Brasília), em Rabat. A decisão pelo terceiro lugar ocorre no mesmo dia e local, só que mais cedo, às 12h30 (horário de Brasília).

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir