Cidadeverde.com

Número de casos confirmados de microcefalia associada ao Zika chega a 32 no Piauí

Foto: Gazeta do Povo

Novo boletim divulgado nesta terça-feira (23) pelo Ministério da Saúde registrou o aumento do número de casos confirmados de microcefalia associados ao vírus Zika no Piauí. Agora são 32 casos, dois a mais que em relação ao relatório da semana passada. 

O número de casos notificados no Piauí chegou a 127. Desses, 81 ainda estão sob investigação e outros 14 já foram descartados. Os dados são referentes a notificações feitas de 22 de outubro de 2015 até o dia 20 de fevereiro de 2016. 

Em todo o Brasil, são 4.107 casos em investigação. Exames já confirmaram a relação com o Zika em 583 bebês com microcefalia. Em outros 950 recém-nascidos, a ligação foi descartada. 

O Ministério da Saúde trata os casos confirmados como microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita. Os casos descartados são de exames normais ou microcefalia provocada por causas não infecciosas. 

Além disso, o Ministério frisa que outros agentes infecciosos além do Zika, podem provocar a microcefalia, como Sífilis, Toxoplasmose, Rubéola, Citomegalovírus e Herpes Viral.

Assim como o Piauí, já tiveram casos confirmados os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Rondônia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Goiás, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Apenas Amapá e Amazonas continuam sem qualquer notificação. 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com