Cidadeverde.com

Faculdade se mobiliza em ações de combate ao Aedes Aegypti

A mobilização nacional contra o vírus do Aedes aegypti, mosquito causador de doenças como  Zika, Chikungunya e Dengue, está ganhando mais um reforço neste fim de semana e início do mês de março. 

Professores, alunos e colaboradores da Faculdade Facid | DeVry, com apoio da Fundação Municipal de Saúde, estão promovendo uma série de atividades de promoção e prevenção de saúde para eliminação de focos do mosquito. O projeto foi denominado de #ZICAZERO – Todos Contra Zika Virus, Chikungunya e Dengue. 

A primeira ação ocorre neste sábado pela manhã, dia 27, na beira do Rio Parnaíba, próximo ao Iate Clube e ponte metálica. Na oportunidade, calouros da Faculdade farão uma varredura no local contra focos do mosquito e o plantio de mudas de árvores. Esta última atividade, em especial, é conhecida como Trote Ecológico e faz parte da tradicional Calourada Responsável. 

A segunda ação acontece dia 29 de fevereiro, na praça de convivência da Faculdade, nos turnos da manhã e tarde. Agentes da Fundação Municipal de Saúde, com apoio de acadêmicos de enfermagem da Facid | DeVry farão uma mobilização no local. Haverá distribuição de panfletos e orientações para eliminar focos do mosquito, divulgação dos sinais e sintomas da doença e quadro comparativo dos sintomas de dengue, chikungunya e zica e também atividades educativas e exposição do mosquito Aedes aegypti em maquetes.

No dia 1º de março, a ação preventiva vai à comunidade, na praça do Cidade Jardim, e no dia seguinte se concentrará no Centro de Atendimento e Serviços Integrados da Facid | DeVry, o Casi II, localizado no Bairro Pedra Mole. 

Segundo a integrante da comissão organizadora do evento e Coordenadora do Curso de Enfermagem da Facid | DeVry, Profª Isabel Cristina, o projeto tem como principais objetivos esclarecer à população sobre as doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti e como preveni-las, reconhecê-las e tratá-las. "Vamos orientar e estimular a população a fazer a vistoria em sua casa contra focos do mosquito;  identificar principais tipos de criadouros; e eliminar focos de reprodução dos mosquitos, mediante limpeza dos setores e aplicação de cloro em ralos com apoio da vigilância e fiscalização competente", afirma.

Joseci Vale, Diretora Geral Acadêmica da Facid | DeVry, destaca que a Faculdade está engajada em mobilizar a população na luta contra o Aedes aegypti e orientar sobre práticas de combate ao mosquito. Segundo ela, gestantes cadastradas na estratégia de saúde do Cidade Jardim e atendidas no Casi II também receberão orientação de prevenção em saúde e dicas para eliminação de focos do mosquito. "É uma luta de todos nós", completa.  


redacao@cidadeverde.com