Cidadeverde.com

Carteiros e leituristas distribuirão informativo em combate ao Aedes aegypti

Os funcionários dos Correios, Agespisa e Eletrobrás irão distribuir informativos sobre o combate e prevenção do mosquito do Aedes aegypti no Piauí. A ação está sendo realizada por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi). Ao todo, 650 carteiros, 160 leituristas da Eletrobras e 120 da Agespisa receberão orientação de epidemiologistas e sanitaritas da Secretaria para esclarecer dúvidas dos moradores e identificar possíveis criadores do mosquito nos domicílios. 

A superintendente de atenção à saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Cristiane Moura Fé, comentou que os profissionais foram escolhidos por causa da grande oportunidade que eles possuem em ter contato direto com os moradores através das visitações diárias. 

“Todos eles têm acesso. Então, nessas idas aos domicílios, no momento que eles vão fazer as contagens ou a entrega de comunicação, poderão também entregar material educativo e informativo. Fazer algum tipo de comunicação verbal e até mesmo observar o espaço para identificar se existe alguma possibilidade de possíveis criadores do mosquito”, disse em entrevista ao Jornal do Piauí nesta quarta-feira (02). 

Cristiane disse ainda que a partir das orientações dos profissionais da Sesapi, os carteiros e leituristas irão informar se o domicílio visitado está ou não livre de qualquer possibilidade de criadouro do mosquito.   

“Montamos uma espécie de laboratório, onde os profissionais podem conhecer as larvas e os ciclos de vida do mosquito, os possíveis criadores e as formas adequadas para a eliminação desses criadores. Também serão repassados dados epistemológicos e as doenças causadas pelos mosquitos. Eles também vão saber se aquele domicílio tem potencial ou está livre de qualquer foco, que será repassado a secretaria estadual, e compartilhada com o município”, explicou. 


Carlienne Carpaso
redacao@cidadeverde.com