Cidadeverde.com

Boletim inédito mostra Piauí com 7 casos do vírus Zika em 2016

O Piauí  registrou este ano apenas 7 notificações do vírus Zika, o que equivale a uma incidência de 0,2 casos por cada 100 mil habitantes. Os dados constam no primeiro boletim epidemiológico da doença divulgado nesta terça-feira (26) pelo Ministério da Saúde. É o menor índice entre os estados da região Nordeste.

Em todo o país foram contabilizados 91.387 casos prováveis da doença em todos os estados brasileiros até o dia 2 de abril. No Brasil, a taxa de incidência, que considera a proporção de casos, é de 44,7 casos para cada 100 mil habitantes. 

A região Sudeste teve 35.505 casos prováveis da doença, seguida das regiões Nordeste (30.286); Centro-Oeste (17.504); Norte (6.295) e Sul (1.797). Considerando a proporção de casos por habitantes, a região Centro-Oeste fica à frente, com incidência de 113,4 casos/100 mil habitantes, seguida do Nordeste (53,5); Sudeste (41,4); Norte (36,0); Sul (6,1).

GESTANTES – Até o dia 2 de abril, foram registrados 7.584 gestantes com casos suspeitos da doença, sendo que 2.844 casos foram confirmados. Cabe esclarecer que, apesar de estar confirmada a relação do vírus Zika com os casos de microcefalia, não significa que toda mulher infectada pelo vírus durante a gravidez dará à luz um bebê com microcefalia.

O Ministério da Saúde orienta às gestantes que adotem medidas para reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteção contra a exposição de mosquitos, mantendo portas e janelas fechadas ou teladas, uso de calça e camisa de manga comprida, além de repelentes recomendados para grávidas.

Hérlon Moraes (Com informações do MS)
herlonmoraes@cidadeverde.com