Cidadeverde.com

Réu acusado de matar garçom vai a júri popular em março

Saiu a nova data do júri popular do locutor de rádio, Ivan Carlos Carvalho Panichi, acusado de matar atropelado o garçom João Antônio dos Santos, conhecido como “João Fidelis”, em 2010. O julgamento está marcado para o dia 8 de março, às 8h30, no fórum de Piripiri, cidade onde ocorreu o caso, o primeiro homicídio no trânsito que vai a júri popular no Piauí. 

“A gente espera que, desta vez, o réu seja julgado e condenado pelo crime que cometeu, não esboçando nenhum remorso ou arrependimento por ter matado nosso pai. Tomara que não tenhamos mais surpresas desagradáveis com manobras da defesa, que são em vão, já que nós só descansaremos quando o homicida estiver atrás das grades”, desabafou Georliton Alves, filho da vítima.

O júri já foi adiado por duas vezes em novembro do ano passado. 

O garçom era muito conhecido na cidade. Ele seguia em uma motocicleta quando foi surpreendido pelo acusado que invadiu a preferencial em uma camionete. O caso gerou grande comoção popular e teve repercussão nacional. Após o atropelamento, o acusado teria sido filmado em um bar ingerindo bebida alcoólica. 

 

Matérias relacionadas

Filho faz desabafo na véspera do 1º júri popular do Piauí sobre morte no trânsito

Justiça adia pela 2ª vez júri de locutor e família de garçom se revolta

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com