Cidadeverde.com

Iniciativa privada pode incrementar turismo na Serra da Capivara

Foto: reprodução

Em janeiro deste ano, o Parque Nacional da Serra da Capivara ganhou destaque internacional ao ser incluído na lista de 52 lugares para se visitar em 2022 divulgada pelo jornal norte-americano The New York Times. Buscando oferecer acomodações modernas e confortáveis para os turistas que passam pela região, a Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc-PI) lança o edital de licitação da parceria público-privada (PPP) do Hotel Serra da Capivara para reforma, ampliação e operação do equipamento pelos próximos 35 anos, garantindo um melhor suporte ao turismo em São Raimundo Nonato e região.

O New York Times destacou as belezas naturais da Caatinga, com seus cânions e cactos, além da importância arqueológica do parque que, segundo o texto, se distingue de inúmeras outras paisagens brasileiras de tirar o fôlego devido aos restos arqueológicos e artísticos de humanos antigos que muitos pesquisadores acreditam ter chegado há mais de 20 mil anos. A publicação destaca ainda o Museu do Homem Americano e o Museu da Natureza, localizados no parque, e as recentes melhorias feitas nas dependências do local para melhor receber os turistas.

E quem visitar o parque poderá contar com acomodações confortáveis no padrão cinco estrelas. A PPP do Hotel engloba a reforma e modernização das atuais instalações para receber turistas estrangeiros e nacionais que buscam turismo diferenciado, além daqueles que visitam a região a negócios. A previsão de investimentos é de R$ 5,4 milhões de reais e geração de mais de 400 empregos diretos e indiretos. A concessão inclui uma área de 13 mil metros quadrados para construção de um centro de eventos ou equipamento de apoio ao turismo regional.

O Parque Nacional Serra da Capivara foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1993. Segundo o IPHAN, na área tombada estão localizados cerca de 400 sítios arqueológicos dos mais relevantes das Américas, a maioria deles contém painéis de pinturas e gravuras rupestres de grande valor estético e arqueológico e que têm fornecido dados e vestígios importantes para uma revisão geral das teorias estabelecidas sobre a entrada do homem no continente americano. A região do Hotel Serra da Capivara se destaca pelo turismo científico, caracterizado pela exploração de paisagens históricas, naturais e urbanas.

Da Redação