Cidadeverde.com

Corrente: moradores da cidade tem abastecimento de água suspenso

O alto nível de turbidez da água levou a Agespisa a suspender o abastecimento d'água na cidade de Corrente. Um comunicado divulgado na manhã desta segunda-feira (21) nas redes sociais alertou os moradores da cidade sobre a suspensão do serviço.

Segundo a empresa, a grande quantidade de sedimentos na água do Rio Corrente, ocasionado pelo grande volume de chuva dos últimos dias, estão impedindo o seu adequado tratamento. 

Na semana passada a empresa chegou a suspender em 50% o abastecimento da cidade pelo mesmo problema. "É muita areia, não tem como fazer o tratamento", informou o chefe do escritório da empresa em Corrente, Claudeci Fernandes dos Santos.

Algumas áreas da cidade estão há mais de 15 dias com o abastecimento prejudicado.

Às 9h30 da manhã de hoje, o chefe do escritório da Agespisa em Corrente informou que, além da turbidez da água, a falta de energia na Estação de Tratamento é outro problema que está impedindo o funcionamento dos equipamentos. "Foi aberta uma Avaliação Técnica de Fornecimento para averiguar a situação. Destacando que somente foi possível abrir o chamado através de Teresina, já que o escritório da Equatorial em Corrente está sem internet", acrescenta Claudeci.

Quanto ao assunto a Equatorial enviou a seguinte nota:

Nota de Esclarecimento

A Equatorial Piauí esclarece que apenas nesta segunda-feira (21) foi notificada sobre a falta de energia na Estação de Tratamento de Água da cidade de Corrente. Durante a manhã, uma equipe foi deslocada ao local, onde foi constatado que o problema era interno, de responsabilidade da Agespisa. 

A distribuidora segue disponível para orientações e no aguardo das providências da Agespisa para  prontamente restabelecer o fornecimento.

Com informações portal corrente