Cidadeverde.com

Após nove invasões promotor abre inquérito para apurar situação

Após o nono arrombamento ao Fórum de Corrente, o promotor de Justiça Rômulo Cordão, que responde pela região, decidiu abrir um inquérito civil público que irá apurar do Tribunal de Justiça do Estado, a questão da comissão que trabalha no local não ter um prédio em condições.


"Não temos as condições mínimas pra realizar um trabalho como este. Não há extintores de incêndio, não há lugar para tantos processos. Ao final, caso não seja tomada nenhuma medida, entraremos com uma ação civil pública contra o TJ/PI para ue seja construído um novo prédio", declarou o promotor.

A última vez que o Fórum sofreu a ação de bandidos foi no último dia 14. Dessa vez, os criminosos escreveram em um computador e no chão do local, usando pólvora apreendida, a frase “PCC: nós vamos voltar”. 

De acordo com o promotor Rômulo Cordão, o Fórum, alocado com um prédio antigo, não conta com qualquer estrutura de segurança e de acessibilidade a pessoas com deficiência.
 
“O Fórum não tem cerca elétrica nem muro alto, sem câmeras de vigilância, segurança armada ou vigia. Ou seja, o prédio é velho e completamente abandonado”, endurece Rômulo.
 
Além disso, segundo o promotor, as condições de trabalho no Fórum são insalubres, já que o local conta com infiltrações, iluminação precária, banheiros deteriorados e outros problemas.
 
“Não é só o problema de segurança. É um problema moral. A comunidade de Corrente está insegura e preocupada e quer uma solução urgente para a situação”, assinala Rômulo Cordão.
 
Rômulo também encaminhou cópia do procedimento, buscando providência, para o Tribunal de Justiça do Piauí e a Corregedoria Geral do TJ-PI, Procuradoria Geral de Justiça do Piauí e Corregedoria Geral do Ministério Público do Piauí, Associação Piauiense do Ministério Público (APMP), OAB-PI, Sindicato dos Servidores da Justiça, Defensoria Pública Geral, Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), dentre outras entidades.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com