Cidadeverde.com

Empresário é preso por suspeita de executar adolescente de 17 anos em Corrente

Leonardo Lobato Oliveira da Silva, 30 anos, foi preso nesta sexta-feira (29), no município de Corrente, a 874 quilômetros de Teresina, sob suspeita de executar um adolescente de 17 anos com 9 disparos de arma de fogo. De acordo com o delegado de Corrente, João Rodrigo Luna, o empresário matou Edilson Santos Nascimento após uma tentativa de furto em sua loja, no início deste mês.

"Durante a madrugada, a vítima estava dentro de uma loja do empresário, na cidade de Gilbués (a 797 da Capital), quando o alarme disparou. Leonardo pediu para uma funcionária ir até o local, ela foi com o pai, mas Edilson não estava mais no local. A Polícia Militar (PM) também foi acionada e Leonardo foi até o local, após algumas rondas, o adolescente não foi encontrado", informou o delegado.

Depois disso, segundo o delegado, a PM encerrou as diligências e o empresário foi deixar a funcionária em casa, dizendo que iria embora também. "Só que ele voltou para a loja, porque o Edilson tinha esquecido uma mochila com os celulares em cima do telhado. Ele ficou na loja esperando e quando o adolescente voltou para pegar ele efetuou sete disparos, a vítima caiu e ele se aproximou, efetuando mais dois disparos", explicou o delegado.

A Polícia Civil utilizou imagens de câmeras de segurança e o testemunho de um irmão da vítima para obter a prisão preventiva do empresário. "Um irmão da vítima estava na esquina esperando ele, o Leonardo chegou a persegui-lo, tentando matá-lo, mas ele conseguiu escapar. Depois disso, Leonardo apagou as imagens das câmeras de segurança e tentou dificultar o trabalho da polícia, mas conseguimos duas imagens que mostram o carro delo voltando para o local do crime, juntando com o depoimento do irmão do adolescente conseguimos o mandado de prisão", finalizou o delegado João Rodrigo Luna.

 

Lucas Marreiros (Especial para o Cidadeverde.com)
redacao@cidadeverde.com