Cidadeverde.com

Réu acusado de matar professora sofre acidente na véspera de ir a júri popular


Adriana era professora e foi assassinada dentro da faculdade onde lecionava no interior do Piauí (Foto: arquivo pessoal)

A cidade de Corrente (a 874 km de Teresina) vive expectativa para o julgamento do professor Arnaldo Alves Messias, acusado de assassinar a também professora Adriana Macedo Borges dos Santos, 24 anos, dentro de uma faculdade em 2009.

Hoje à tarde, o advogado do acusado, Joaquim Magalhães, informou ao Cidadeverde.com que Arnaldo Messias sofreu um acidente automobilístico e está internado no hospital de Barreiras. O julgamento está marcado para acontecer amanhã (23). 

Mesmo com o acidente, o advogado de Arnaldo esclarece que pediu ao juiz que o julgamento fosse mantido. "A defesa abre mão do novo depoimento de Arnaldo no plenário para evitar qualquer alegação de nulidade", esclarece Joaquim Magalhães.

Ele contou que seu cliente estava indo para Corrente para participar do julgamento e por volta das 9h30 de hoje o veículo desceu a ribanceira e capotou. "Ele estava sozinho, foi socorrido, estava inconsciente e está tendo acompanhamento médico", disse o advogado.

Segundo o advogado, Arnaldo Messias está sem condições de prestar depoimento no Tribunal. 
Joaquim Magalhães esclarece ainda que informou ao juiz Carlos Macello Sales Campos do acidente e pediu que o julgamento fosse mantido. 

"Não queremos nenhum adiamento. O juiz nos informou que ouvirá o Ministério Público para tomar uma decisão".

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com