Cidadeverde.com
Diversidade

Mulheres de Teresina protagonizam ato/performance contra o feminícidio e outras formas de violência

  • ato11.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • ato10.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • ato9.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • ato8.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • ato7.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • ato6.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • FOTO_DAS_MULHERES_6.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • FOTO_DAS_MULHERES_5.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • FOTO_DAS_MULHERES_4.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • FOTO_DAS_MULHERES_3.jpg Herbert Medeiros e manifestantes
  • FOTO_DAS_MULHERES_1.jpg Herbert Medeiros e manifestantes

“A culpa não era minha, nem de onde estava, nem como me vestia. O estuprador é você”. Em coro, mulheres de Teresina ecoaram o trecho do hino de denúncia e combate à violência contra as cidadãs femininas. O Ato performático aconteceu neste sábado(21/12) no adro da Igreja São Benedito.

De acordo com organização da ação, o objetivo é denunciar as situações sociais produtoras de feminicídio e cobrar respostas da justiça piauiense e das instâncias públicas responsáveis em promover políticas de enfrentamento à violência contra as mulheres.

O ato reuniu mulheres multifacetadas nas suas subjetividades e construções identitárias e políticas. Durante a atividade, foram homenageadas Marielle Franco e outras mulheres do Piauí vitimas de feminicídio como: Fernanda Lage, Aretha, Iarla etc.

A ação é resultante da performance iniciada pelo coletivo feminista chileno Lastesis para lembrar o Dia Internacional da Eliminação da Violência contra Mulher. O ato performático das ativistas potencializou outras mulheres pelo mundo a realizarem protestos globais.

Por Herbert Medeiros