Cidadeverde.com
Diversidade

Matizes, ativistas sociais e psicólogas/os participam de Bate-papo realizado pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP21)

O Grupo Matizes participou de um bate-papo no auditório do Conselho Regional de Psicologia (CRP21) abordando a temática “Como a psicologia acolhe as minorias?”. A atividade é uma realização da Comissão de Direitos Humanos do CRP, presidida por Railan Bruno Pereira da Silva. 

O foco da iniciativa era propiciar uma diálogo plural e horizontal entre segmentos vulneráveis e profissionais da psicologia para refletir sobre a construção de um trabalho mais humanizado, sensível e pautado na ética e nas resoluções 01/1999 e 01/2018. Railan Bruno e Rafael Carvalho mediaram a ação. 

A atividade contou com  a participação da  psicóloga negra  Lorén-Lis Araújo e  psicólogo negro Ícaro Rodolfo para problematizar  as faces do racismo estrutural e suas implicações para a saúde biopsicossocial da população afro-brasileira.

 Também participou da ação o ativista Mateus  Júlio da Silva, da Associação de Homens Trans Masculinos, abordando as vivências e caminhos para a constituição da identidade de gênero e atravessamento nas relações familiares, de trabalho e campo da saúde.

A psicóloga Natalia de Sousa problematizou a visão ainda estereotipada e reducionista de como população percebe as pessoas com deficiências, implicando no desenvolvimento das potencialidades desse público.  Joyce Amorin Gonçalves, psicóloga e pesquisadora acerca das lesbiandades, refletiu como preconceitos e discriminações afetam saúde psicológica de mulheres lésbicas.

O ativista do Matizes, Herbert Medeiros, destacou como as discriminações e violências lgbtfóbicas nos ambientes familiares, escolar e do mercado de trabalho  produzem adoecimentos e negações de direitos para segmento da Diversidade Sexual.