Cidadeverde.com
Diversidade

Mais Novidades: Feira do Livro da Diversidade/FLID - Vai ser babadeira

  • FLID_4.jpg FLID
  • FLID_5.jpg FLID
  • FLID_6.jpg FLID
  • FLID_AMARA.png FLID
  • FLID_2.png FLID
  • FLID_3.png FLID

 

A I FEIRA DO LIVRO DA DIVERSIDADE – FLID, organizado pela AVANT GARDE EDIÇÕES e PRODUÇÕES e o Núcleo de Estudos Literários Piauienses – NELIPI/UESPI, será realizado de 24 a 27 de maio, no Complexo Cultural Clube dos Diários/Theatro 4 de Setembro. O FLID conta com outros partícipes essenciais para a sua realização: CLBF Empreendimentos; Mestrado em Letras Uespi / PREX; CCOM-PI e patrocínio Governo do Estado do Piauí.

A referida Feira surge como uma ação de política positiva que versa sobre a temática LGBTQI+, com objetivo de fomentar estratégias de visibilização dessas identidades consideradas “não normativas”. Sabe-se que, nesse país em retrocesso, sem um incentivo a essas resistências culturais, esses segmentos sociais podem minguar dentro da necropolítica que vivenciamos na atualidade.

 No Piauí, muito se conquistou e é um estado exemplo para o país. A sociedade civil organizada, especialmente, o grupo Matizes, tem sido de fundamental importância ao lançar questões voltadas para esse tema, contribuindo com o Legislativo e o Executivo por meio de proposições bem fundamentadas. O Núcleo de Literatura e Gênero – NELIPI/UESPI, também, muito tem contribuído, discutindo e investigando este segmento de forma acadêmica, desde artigos a teses de doutoramento. A Avant Garde Edições em parceria com as instituições citadas desenvolve projetos editorias sobre identidades e diversidade editando obras denominadas “Letras da diversidade”, entre outras séries. Esta parceria pretende realizar mais uma ação coletiva, a FLID, contemplando as letras, as artes e a pesquisa sobre a temática LGBTQI+.

  O evento dará visibilidade aos escritores/escritoras, pesquisadores/pesquisadora, artistas com atuações em outras áreas, em simbiose com o grande público LGBTQI+ que representa uma parcela significativa na sociedade. Considera-se de relevante importância, nestes dias atuais que vivenciamos, com tantas perdas de direitos identitários, avançarmos para não retroceder ao sistema patriarcalista, lgbtfóbico, excludente, que coloca na invisibilidade grandes nomes, apenas por sua oriental sexual e/ou identidade de gênero.

A FLID difundirá a CULTURA LGBTQI+ por meio de atividades como CONFERÊNCIAS e MESAS em diálogo com a comunidade acadêmica, artistas e segmento LGBTQI+ entre outros.

PROGRAMAÇÃO:

1. Dia 27 de maio

18h Solenidade de abertura

Certificação das homenageadas: Amara Moira, Letícia Carolina e Marinalva Santana.

19h Conferência “Transfeminismo” - Dra Letícia Carolina Nascimento

20h  Performance e DJ / Coquetel

 

2. Dia 28 de maio

10h Mesa com “Cultura como enfrentamento da LGBTFOBIA”

Noé filho, Avelar Amorim e Marinalva Santana

16h a 18h Papo q vinga com Ítalo Damasceno

17:30h  Mesa “Letras da diversidade”

19h Conferência “Literatura como ferramenta de combate à transfobia”, com Amara Moira.

20:15 DJ HIPERBOLAR

 

3. Dia 29 de maio

10h Diálogos de produção e exibição do curta “Hortelã”

Com Ítalo damasceno - produtor

11:30 Balroom