Cidadeverde.com
Diversidade

Matizes realiza ação com a Fundação Wall Ferraz pelo Projeto 'Empregabilidade: Construindo Futuro"

Matizes realizou hoje (28/11) junto aos público de instrutores/as da Fundação Wall Ferraz a segunda oficina pelo Projeto  “Empregabilidade: Construindo Futuro”*, financiado pela Coordenação Ecumênica de Serviços (CESE). O tema tratado era ‘Empregabilidade, Inclusão e Diversidade’ e com a mediação o docente  Kácio Santos, doutorando e mestre em Educação e coordenador do Núcleo de Estudos Afro-indigenas.

A atividade é parte da parceira do Matizes com a Fundação Wall Ferral – instituição   municipal responsável por capacitar e qualificar profissionalmente as/os cidadãs/os teresinenses com vistas a inserção no mercado de trabalho, possibilitando, assim, inclusão social e geração de emprego e renda.

O Facilitador destacou para participantes como a Diversidade integra o cotidiano de todas/os em vários espaços: no ambiente familiar, social, profissional e cultural. Refletiu sobre a necessidade de enfrentamentos ao racismo, lgbtfobia e outras práticas discriminatórias para promover de fato uma sociedade inclusiva.

Santos Também apontou o respeito, o combate aos preconceitos, o diálogo, o acolhimento o amor às pessoas sem nenhuma distinção são ações fundamentais para superar as iniquidades.

A instrutora Neriana Maria da Rocha  destacou que a participação na oficina contribuiu para reciclar ideias e conceitos bem como   compreender melhor as  formas de discriminações sociais   e como enfrentá-las no contexto das práticas profissionais. Ainda ponderou como os conhecimentos trabalhados   na atividade são importantes para vida pessoal e familiar.

•             Projeto Empregabilidade: Construindo o Futuro

As ações do projeto visam atuar em defesa da causa LGBTQIA+ junto aos Poderes Executivo e Legislativo Municipal para aprovar normas que estimulem ou reconheçam boas práticas de respeito às diversidades e promoção dos Direitos Humano nas empresas; Promoção de campanhas educativas nas redes sociais, enfatizando a importâncias do respeitos aos Direitos LGBT+ no ambiente corporativo.

Ainda é propósito do projeto criar um banco de currículos de Pessoas LGBTQUIA+.

Por Herbert Medeiros