Cidadeverde.com
Diversidade

Matizes discute novos arranjos familiares na XII Semana Cientifica Internacional da FACID

O Grupo Matizes participou nesta quinta-feira (12) de mesa redonda para debater o tema “Novos Arranjos Familiares na Contemporaneidade”. Ação integrava a programação da    XII Semana Cientifica  Internacional da FACID cuja temática era “Ciência, Educação e Inovação”.

Antes de iniciar os debates sobre o tema, a mediadora, Profª Ms. Milene Martins, fez uma contextualização geral sobre o conceito e mutações estruturais dos paradigmas de famílias. A educadora lembrou não ser mais pertinente a idealização de um referencial único de família.

O debatedor do Matizes, Herbert Medeiros,  iniciou sua apresentação destacando a importância  do afeto, do cuidado,  da proteção, do bem-estar,  da ética e da solidariedade  para configuração dos novos arranjos familiares.

Também ressaltou que os conceitos, vivências, saberes e práticas  do universo familiar resultam de transformações históricas e socioculturais. Essas mudanças  possibilitaram    dinamicidade, pluralidade  e movimento aos modos de construção dos vínculos de famílias na contemporaneidade.

O palestrante ainda apontou a conquista  histórica do  reconhecimento da união estável para casais homoafetivos a partir da decisão do STF em 2011. Representou a ampliação de  direitos e cidadania aos LGBTS. Mencionou também a importante decisão da Ministra do STF, Cármem Lúcia, autorizando a adoção de criança por casal homoafetivo.

Outro ponto debatido pelo representante do Matizes foi a persistência histórica da cultura machista e sexista que subtraí dos homens o exercício  da paternidade afetiva e responsável. Provocou o questionamento de que é necessário repensar as masculinidades e sua relação com o afeto, o cuidado e proteção dos(as) filhos(as).

A Profª e educadora do curso de Direito, Virna de Barrou Nunes (FACID), apresentou aspectos sócio-jurídicos das relações familiares. De forma didática e simples explicou sobre Monoparentalidade, anaparentalidade e multiparentalidade. Fez a distinção entre união estável e casamento civil e seus impactos jurídicos.