Cidadeverde.com
Diversidade

Junta - Festival Internacional de Dança abre inscrições para oficina

As residências artísticas e oficinas do JUNTA Festival Internacional de Dança vão mobilizar a cidade. O Festival vai de 08 a 12 de junho, mas no dia 02 de junho já começam as ações formativas da Zona Articular -espaço para articular praticas, procedimentos e conversas sobre o fazer da dança.

Corpo Presente de Denise Stutz (RJ) nos dias 06, 07 e 08; Troca Troca de Wagner Schwartz (SP) nos dias 06 e 07; Juntando Escrita com Anderson do Carmo (SC) nos dias 08, 10 e 11 e oficina dos moçambicanos Matanyane e Benjamim (10 e 11) integram as oficinas da Zona Articular sempre pela manhã. São espaços de formação com importantes momentos para trocar experiências e articular ações entre artistas que estarão circulando pelo festival este ano.

Todas as oficinas são gratuitas e acontecem pela manhã de 09:00 às 12:00 horas na Casa da Cultura de Teresina.  As vagas são limitadas e para se inscrever basta enviar e-mail para articular.junta@gmail.com, assunto do e-mail com o nome da oficina que deseja fazer, identificando-se, falando brevemente de você e sobre a intenção de participar da oficina.

As oficinas trazem a possibilidade de diálogo e prática da dança e suas questões. Corpo Presente de Denise Stutz (RJ) – 06, 07 e 08 de junho - por exemplo, trabalha a experimentação de um corpo que se move a serviço da imaginação e dos sentidos, impulsionado por imagens, associações e memórias. Jogos corporais estabelecem relações e ampliam a percepção do que nos rodeia: o espaço, o tempo, os outros.

Juntando Escrita de Anderson do Carmo (SC) – 08, 10 e 11 de junho - propõe um telefone sem- fio conceitual ao público do Junta [2]. A ideia é que cada escrito seja simultaneamente a resposta à perguntas de um texto anterior e a pergunta a desencadear o texto seguinte. Tal estrutura pretende diminuir o papel opinativo da crítica e sublinhar sua capacidade de recriar-se engajando-se em diálogos.

Troca troca de Wagner Schwartz (SP) -06 e 07 de junho- é uma oficina voltada para quem está mergulhado em algum processo, um momento de mostrar o que se está criando, conversar, trocar ferramentas e estratégias de composição e experiências. Oficina voltada para quem já possui alguma experienca em criação em dança/performance.

Matanyane Abilio e Benjamim Manhiça (Moçambique), intérpretes em dança contemporânea sediados na África Austral, trabalharão em sua oficina(10 e 11 de junho) a gestualidade e o ritmo de duas danças do patrimônio de tradicionais moçambicanas: a marrabenta e a dança da alegria. Não é necessário experiência. A oficina dura 2h por dia, totalizando 4 horas.

Além das oficinas e residências, na Zona Articular o JUNTA propõe uma conversa dança com o Discoreografia – Música, Dança e Blá, Blá, Blá. Trata-se de um programa de web-rádio com Elisabete Finger que bate um papo com artistas sobre suas obras e seus processos criativos através da música. No #JUNTA2, o Discoreografia acontece ao vivo com a participação do público, e recebe como convidada a coreógrafa carioca Denise Stutz.

O grupo holandês NOOM (Liesje van den Berk, Maaike van de Westeringh e Jeen Rabs), já começou residência Meu Amigo Sombra. Com duração de 10 dias e participação de artistas locais pré-selecionados. A residência será finalizada com uma performance  voltada para crianças e adultos, que será apresentada na Zona em processo (espaços para trabalhos em experimentação).

Concebido pelos artistas Datan Izaká, Jacob Alves e Janaína Lobo, o JUNTA vem com vasta programação de espetáculos nacionais e internacionais, residências artísticas, intervenções urbanas, workshops, mostras de processo e programação infantil.

Artistas do Piauí, São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Espanha, Moçambique, Argentina e várias outras localidades estarão ocupando espaços culturais importantes da cidade. Este ano o JUNTA #2 acontecerá como uma ocupação do centro da cidade no Teatro 4 de Setembro, Clube dos Diários, Casa da Cultura de Teresina, Sesc da Avenida Campos Sales (Espaço Cultural Cosme Oliveira) e Escola Estadual de Dança Lenir Argento.