Cidadeverde.com
Diversidade

Teresina será palco de debates com olhares plurais sobre transexualidade

No dia 19 de agosto, Teresina será palco de vários debates sobre o tema da transexualidade. Um momento  para refletir sobre processo transexualizador no sistema de saúde, bem como compartilhamento das vivências trans no Piauí. As atividades serão resultado de parceria Matizes, Liga LGBT, UNINOVAFAPI, com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde.

Pela manhã, as atividades acontecerão no Auditório Caneleiro, da UNINOVAFAPI.  Às 10h, a Assistente Social Liliane Caetano ministrará a palestra “Desafios para a efetivação do processo transexualizador”. Liliane integra a equipe multiprofissional do AMTIGOS (Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual) *.

À tarde, as ações acontecerão a partir das 14h na FACIME.

Às 14h, Epifânio Ferreira (Coordenação Estadual de Promoção de Equidade da Secretaria Estadual de Saúde) discorrerá sobre os desafios para implantação do processo transexualizador no Piauí.

A partir das 15h, a Assistente Social Liliane Caetano abordará “As demandas do processo transexualizador para crianças e adolescentes”. 

Ainda integram as atividades da FACIME o acontecimento “Vivências Trans”, a partir das 16h. Participarão Ingrid Leão, Danny Barradas e Amanda Pitta (Mães pela Igualdade).

 

* O AMTIGOS (Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual) foi instituído em 2010 e está vinculado ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(USP). O ambulatório é a porta de entrada para acompanhamento  das questões de identidade de gênero de pessoas transexuais. A equipe profissional engloba psiquiatras, psicólogos e  assistente social

Por Marinalva Santana