Cidadeverde.com

Suspeitos derrubam cinco postes e deixam mais de 2 mil pessoas sem energia em Luís Correia

Fotos: Divulgação/Ascom

Suspeitos derrubarem 5 postes na noite de quarta-feira (21) e madrugada dessa quinta-feira (22) em Luís Correia, na região do Coqueiro, Barramares e Macapá, para o roubo de cabos da rede elétrica, e que deixaram 2.631 pessoas sem energia. O fornecimento foi restabelecido na madrugada de hoje.

O litoral enfrenta uma onda de furtos de cabos. A Equatorial Piauí informou que somente em 2022, foram registrados furtos de mais de 8 toneladas de cabos da rede elétrica, que afetaram mais de 210 mil consumidores que tiveram o fornecimento de energia prejudicado no litoral do Piauí.

Segundo a Equatorial, já foram 80 casos registrados nesse ano nos municípios de Luís Correia (região do Coqueiro, Barramares e Macapá), Cajueiro da Praia (Barra Grande) e Parnaíba (bairros Planalto, Joaz Sousa, Dirceu Arcoverde e Reis Veloso).

Os furtos são provocados com a derrubada de postes, principalmente em regiões mais isoladas, o que ocasiona o desligamento da rede elétrica, e assim os suspeitos podem realizar os furtos. Em um dos casos, 14 postes chegaram a ser derrubados, em fevereiro desse ano.

Já foram mais de 8 toneladas de cabos furtados, o equivalente a quase R$ 1 milhão em estrutura, equipamentos e mão de obra para recuperar o serviço.

“O tempo de recomposição do sistema nessas ocorrências é mais lento, considerando a complexidade do serviço. Em média, são serviços que levam cerca de 3 horas para serem concluídos, mas já tivemos situações, como por exemplo, a ocorrida em fevereiro, em que 14 postes foram derrubados e foram necessárias mais de 24 horas de trabalho intenso para restabelecer o fornecimento. Isso prejudica toda a população”, destacou o gerente de Serviços Técnicos e Comerciais da Regional Parnaíba, Flávio Roque. 

Segurança

Na manhã de hoje o presidente da Equatorial Piauí, Lener Jayme, se reuniu com o secretário de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, onde foram discutidas estratégias de ações imediatas para evitar as ocorrências de furtos de cabos no litoral do Estado. 

O secretário de Segurança assegurou a intensificação das investigações e diligências por todos os órgãos de segurança para identificar e prender os responsáveis pela prática criminosa, bem como os receptadores dos produtos de furto. 

“Tomamos conhecimento de ações criminosas contra o patrimônio que é de interesse público, a rede elétrica. Então traçamos algumas ações necessárias acionando todos os mecanismos que temos na Segurança Pública para combater aqueles que estão furtando cabos e prejudicando a população de todas as formas. Será uma atuação enérgica, firme, já nos próximos dias em todo o litoral”, garantiu o secretário.

 

Da Redação
[email protected]