Cidadeverde.com
Geral

Candidato de Nazária é acusado de tentar matar opositor

Imprimir

O candidato a vereador do novo município de Nazária, Gustavo Henrique Leite Feijó (PTB), denunciou ao Cidadeverde.com que sofreu tentativa de homicídio na tarde desta segunda-feira (1º), quando se dirigia para o antigo povoado da Grande Teresina. Ele acusa outro candidato a vereador, identificado como Gedeon (PT), de ter jogado seu carro para fora da pista e quase ter provocado uma tragédia. Não satisfeito, o opositor ainda teria agredido Gustavo com socos.

Gustavo relata que seguia para reuniões em Nazária, quando por volta de 15h30min, no povoado Sumaré, foi surpreendido por outro carro, que seguia no mesmo sentido e jogou seu veículo para fora da pista. Por sorte, o carro teve o vidro trincado. Em seguida, não satisfeito, Gedeon teria descido do veículo e agredido Gustavo com vários socos no rosto, até seu nariz sangrar. O candidato a vereador chegou ao Cidadeverde.com com marcas de sangue na camisa e o rosto inchado.




O petebista disse ainda que o petista quase mata a própria família. No trecho em obras, Gedeon quase teria batido em um rolo compressor que estava na pista. Esposa e filha estariam no veículo. A mulher, de nome Amparo, teria descido do carro para reclamar com o marido, enquanto Gustavo era agredido. O candidato garantiu que não reagiu aos socos do opositor, que teria sido apartado por funcionários da obra, testemunhas da ocorrência.

O caso foi parar na sub-delegacia de Nazária, que encaminhou a denúncia para o 23º Distrito Policial, da Vila Irmã Dulce, zona sul. Gustavo Henrique ainda vai ao Instituto Médico Legal fazer exame de corpo de delito. "De forma alguma isso foi acidental", garante o candidato a vereador, que relatou ainda outros incidentes de ameaça e intimidação de candidatos por parte dos opositores. Seu pai, Alzamir Aires, teria sido ameaçado de morte, e já teria havido panfletagem na região dizendo que Gustavo não seria candidato. O petebista pedirá proteção policial.

O Cidadeverde.com tentou localizar a direção do PT para comentar o assunto, ou localizar Gedeon, mas não obteve sucesso na noite desta segunda.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com
Tags:
Imprimir