Cidadeverde.com
Geral

Segurança inicia "Operação Coletivo" após ataques a ônibus em Teresina

Imprimir


Foto:divulgação

A "Operação Coletivo" iniciou-se nesta segunda-feira (11) para coibir a violência envolvendo o transporte coletivo em Teresina. Neste primeiro momento, a operação acontece na zona Sul de Teresina, após dois ônibus da empresa Transcol serem incendiados

Essa operação foi deflagrada pela Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) na tarde de hoje e ocorrerá diariamente. 

De acordo com o coordenador, major Audivan Nunes, um casal já foi preso com uma motocicleta roubada próximo ao bairro Saci. Eles foram conduzidos ao 3º Distrito Policial, no bairro Vermelha. 

O major ressaltou que a operação irá reforçar o policiamento nas paradas e nos terminais de ônibus. 

"O objetivo é dar mais segurança e tranquilidade a população em geral. Faremos blitz no intuito de localizar armas e drogas. Essa (operação) foi uma determinação do secretário de Segurança  para prevenir crimes. Estamos com o total de 30 policiais nessa fiscalização", disse o major.

Desde a semana passada, quando se iniciaram os ataques aos ônibus na zona Sul, várias reuniões envolvendo empresários, policiais militares, policiais civis, a Prefeitura de Teresina e a Secretaria de Segurança estão sendo realizadas para coibir a violência na capital.

Saiba Mais

Adolescente de 17 anos é apreendido suspeito de incendiar ônibus em Teresina

Ataques a ônibus: secretário faz alerta a distritos e reforça policiamento

Transcol tem segundo ônibus incendiado e se reúne com equipe da Segurança

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir