Cidadeverde.com
Geral

Hospital do Dirceu inicia funcionamento nesta terça-feira

Imprimir

Foto: Renato Bezerra

O Hospital Alberto Neto, localizado no Dirceu, foi reinaugurado pelo prefeito Firmino Filho e pelo presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles Silveira e, nesta terça-feira (10), a partir das 14h, já inicia o atendimento à população. O prédio passava por reforma para melhoria da estrutura física e qualificação do atendimento ofertado aos usuários.

Jesus Mousinho, diretora de assistência especializada da FMS, explica que a urgência inicia o funcionamento a partir das 14h e que os outros serviços de saúde estão sendo retomados de forma gradativa no Hospital do Dirceu. “Durante a reforma, tínhamos remanejado serviços para outras unidades de saúde. O Centro Cirúrgico, por exemplo, estava funcionando no Hospital do Satélite e há toda uma logística para esse retorno. Agora, estamos trabalhando arduamente para garantir o pleno funcionamento do hospital dentro dos próximos dias”.

O Hospital do Dirceu será capacitado para atender urgências clínicas, pediátricas e cirúrgicas. Também haverá oferta de exames de urgência, internação e atendimento ambulatorial em nove especialidades: ginecologia, reumatologia, cardiologia, ortopedia, psiquiatria, psicologia, nutrição, pediatria e clínica médica. A unidade dispõe de 53 leitos e custou aos cofres públicos o valor de R$ 2.103.182,77, oriundo de recursos próprios da Prefeitura de Teresina e também de recursos federais, parte deles com emendas do deputado Hugo Napoleão.

O prefeito Firmino Filho afirmou que a reforma do hospital do Dirceu representa um avanço na saúde pública. “A Prefeitura tem se destacado na construção de uma grande rede de assistência à saúde e a entrega dessa unidade é um momento de alegria, mas também de tristeza, porque estamos nos despedindo do presidente Charles. Ele deixará o cargo, um dos maiores homens públicos que esse estado já conheceu. Na sua passagem pela Prefeitura, ele sempre empregou a sua seriedade, competência e a capacidade de produzir resultados”.

“Essa obra marcou a nossa gestão pela grandiosidade da estrutura do hospital, pelas condições das instalações que eram antigas e, principalmente, pelo envolvimento da comunidade na busca por melhorias. Inicialmente, a obra seria com fechamento total da unidade, mas optamos por atender ao pedido dos moradores e, durante a reforma, parte da unidade permaneceu funcionando. Agora, estamos entregando uma obra magnífica, que simboliza o compromisso da FMS perante a comunidade”, ressalou Charles.

De acordo com Caroline Bastos, gerente de engenharia e arquitetura da FMS, a execução de obras de reformas é sempre um desafio, principalmente em prédios com mais de 30 anos de existência. “Estamos entregando essa estrutura de qualidade para a população no menor espaço de tempo possível. Esse é um grande feito da FMS”, conta.

Para Ricardo Campos, liderança comunitária da região sudeste, a reinauguração do hospital do Dirceu é motivo de festa. “A gestão está de parabéns porque atendeu o clamor da comunidade e reformou esse grande hospital. O que estamos vendo aqui é a renovação completa da estrutura e dos equipamentos. Isso trará mais qualidade no atendimento da população do grande Dirceu”.

A vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde, Adalgisa Costa, relembra que, na década de 80, participou da inauguração do hospital. “Foi uma conquista da comunidade ter esse hospital reformado e é prova que a gestão cumpriu com a palavra. O CMS atuou em parceria com a FMS e cobrou melhorias. Agora, o hospital tem essa estrutura belíssima”, afirma.

Antônia do Itararé, que é moradora da região sudeste há 39 anos, ressaltou que sempre participou ativamente das buscas por melhorias para o grande Dirceu e que está satisfeita com o novo hospital. “Vi de perto de que o hospital está muito bonito, coisa de primeiro mundo. Só tenho a agradecer a todos que colaboraram com essa grande obra que irá beneficiar a população”, finaliza.

Da Redação
[email protected]

Imprimir