Cidadeverde.com
Geral

Covid: 7 crianças e 14 funcionários testam positivo em casa de acolhimento

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Uma testagem confirmou que 21 pessoas estão com Covid-19 na Casa de Acolhimento do Reencontro. Desses, sete são crianças acolhidas e 14 são funcionários. A Casa do Reencontro abriga temporariamente crianças e adolescente em situação de vulnerabilidade social, que foram afastadas do convívio familiar por medida protetiva judicial. 

Localizada no bairro Morada do Sol, na zona Leste de Teresina, a casa é administrada pela Prefeitura de Teresina por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). Atualmente, a casa abriga 29 crianças e adolescentes. 

Em nota oficial, a Semcaspi confirmou os testes positivos e disse que todas as medidas necessárias já foram realizadas. A testagem ocorreu com apoio da Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

A gerente de proteção social especial da Semcaspi, Mayra Veloso, conta que essa é a primeira vez, desde o início da pandemia no estado em março de 2020, que a casa registra casos positivos do novo coronavírus. 

“Desde o início da pandemia, nós realizamos o monitoramento de sintomas da doença dentro do abrigo. As nossas visitas e os passeios estavam suspensos. Nós acionamos a FMS após uma criança acolhida recentemente apresentar estado febril e sintoma gripal”.

A gerente ressalta que a maioria das pessoas que testaram positivo está assintomática.  “Mediante a testagem, nós iniciamos o procedimento de isolamento e as crianças (com o vírus) estão isoladas em um quarto. Já os funcionários foram afastados (para fazer o isolamento em suas respectivas casas)”. 

A Semcaspi também informa que orienta “aos órgãos competentes do Sistema de Garantia de Direitos que não sejam encaminhados novos acolhidos a unidade Casa do Reencontro durante a realização deste isolamento domiciliar, que tem duração de 14 dias, tal como orienta a Organização Mundial de Saúde (OMS)”. A gerente conta que os casos serão analisados em suas particularidades já que as crianças precisam dessa assistência. 

A Semcaspi enfatiza que no local há a obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção individual por todos os funcionários, além dos representantes demais órgãos e entidades sociais que necessitem entrar na casa.

Já a Fundação Municipal de Saúde informa que os testes foram realizadas na quinta (21) e nesta sexta (22). Foram realizados 66 testes na Casa Reencontro.

"Foram realizadas orientações quanto ao isolamento e medidas de precaução para evitar contaminação e disponibilizado material para equipe (capotes, gorros, máscaras, luvas, álcool líquido e em gel). Os adultos positivos foram encaminhados à UBS Taquari para avaliação médica e agendamento dos testes dos seus contatos. Avaliações por médico pediatra também foram realizadas nas crianças".

 

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), confirma que na Casa do Reencontro, localizada no Bairro Morada do Sol, zona Leste de Teresina, das 29 crianças acolhidas, sete testaram positivo para a Covid-19 e também 14 funcionários.  

A Semcaspi reforça que todas as medidas necessárias já foram tomada, inclusive, a testagem de todas as crianças e funcionários da instituição foi realizada na manhã desta sexta-feira, (22/01), em articulação buscada com a Fundação Municipal de Saúde (FMS). Os adoentados pela Covid-19 estão cumprindo o devido isolamento, com acompanhamento necessário prestado pela equipe de saúde.

A Semcaspi enfatiza ainda que há obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção individual por todos os funcionários tanto da Casa Reencontro, bem como Cras, Creas, Conselhos Tutelares, Conselhos de Direitos e todas as unidades pertencentes à Secretaria, bem como, o seguimento das medidas de biossegurança de combate à Covid-19.

Além disto, a Semcaspi tem orientado aos órgãos competentes do Sistema de Garantia de Direitos, que não sejam encaminhados novos acolhidos a unidade Casa do Reencontro durante a realização deste isolamento domiciliar, que tem duração de 14 dias, tal como orienta a Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

Carlienne Carpaso
[email protected]

Imprimir