Cidadeverde.com
Cidades

Educação avalia simulados da Prova Brasil e SAEB 2021 em Cristino Castro

Imprimir

A Prefeitura de Cristino Castro, por meio da Secretaria Municipal de Educação, reuniu, nessa quarta-feira (22), os coordenadores educacionais para trabalhar o melhoramento das aplicações dos simulados e aulões para a Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

As avaliações nacionais, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), têm o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.

 Nos testes aplicados na quarta e oitava séries (quinto e nono anos) do ensino fundamental, os estudantes respondem a itens (questões) de língua portuguesa, com foco em leitura, e matemática, com foco na resolução de problemas. No questionário socioeconômico, os estudantes fornecem informações sobre fatores de contexto que podem estar associados ao desempenho.

Professores e diretores das turmas e escolas avaliadas também respondem a questionários que coletam dados demográficos, perfil profissional e de condições de trabalho.

A partir das informações do Saeb e da Prova Brasil, o MEC e as secretarias estaduais e municipais de Educação podem definir ações voltadas ao aprimoramento da qualidade da educação no país e a redução das desigualdades existentes, promovendo, por exemplo, a correção de distorções e debilidades identificadas e direcionando seus recursos técnicos e financeiros para áreas identificadas como prioritárias.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Euvanete Benvindo, a melhora na aplicação tanto dos simulados como nos aulões auxiliam na preparação dos alunos para essas avaliações. “Queremos nossos alunos cada vez mais preparados, por isso, estamos intensificando esse trabalho no sentido de dar ainda mais suporte no aprendizado para que os estudante possam ter resultados ainda melhores”, conclui.

João Bandeira
com informações- Ascom

Imprimir