Cidadeverde.com
Esporte

Grêmio sofre fora de casa e revê instabilidade na reta final da Série B

Imprimir

Quando a torcida gremista esperava um salto de qualidade, veio a queda novamente. Na última sexta-feira (16), o Grêmio perdeu por 2 a 0 para o Novorizontino.

Com uma campanha bem aquém do esperado fora de casa na Série B, o clube tricolor revê instabilidade no momento decisivo da competição.

Os comandados por Renato Portaluppi entram em campo novamente nesta terça-feira (20), contra o Sport, na Arena, em Porto Alegre (RS), pela 31ª rodada da Série.

Por sorte, a diferença para o primeiro fora do acesso ficou em cinco pontos. Tudo porque o Londrina deixou escapar a vitória contra o Tombense nos minutos finais do duelo. Com 50 pontos, o time gaúcho segue em terceiro.

Mas o rendimento fora de casa é preocupante. Em 15 partidas como visitante, foram apenas duas vitórias, com nove empates e quatro derrotas, totalizando aproveitamento de 33,3%.

Longe da Arena ainda faltam quatro jogos para o encerramento da competição, contra Sampaio Corrêa, Londrina, Náutico e Tombense.

O clube tricolor só não vive situação pior na Segunda Divisão por uma campanha impecável na Arena. São os mesmos 15 jogos, mas com 11 vitórias, dois empates e duas derrotas, aproveitamento de 77,7%. Em casa restam duelos contra Sport, CSA, Bahia e Brusque.

"Deixamos de fazer em campo. Não que não tenhamos treinado ou pedido para eles [jogadores]. Aconteceu. Que sirva de exemplo. Conversei com eles e deixei as coisas bem claras. Que seja uma lição, estamos aprendendo. A conversa que tive com eles é diferente. 

Quando voltarmos a jogar fora de casa não pode ter esse excesso de tranquilidade de hoje. Se não correr, minha única opção é tirar. Eles estão bem conscientes disso", disse o técnico Renato Gaúcho.

Depois do tropeço em Novo Horizonte, o Grêmio refaz seus cálculos para subir. Neste momento, qualquer avanço dependerá muito do que acontecer no jogo da próxima terça (20), diante do Sport.

"Eu falei com eles [jogadores]. Domingo vamos conversar de novo. A equipe que no mínimo teve atenção, entrega, contra o Vasco, será fundamental. Não tem mais tempo para ficar lamentando ou para deixar de fazer as coisas. Tem que fazer o que deve ser feito para atingirmos o objetivo", afirmou Renato.

Mesmo com uma nova instabilidade, o treinador garante que o cenário não requer cautela e o time irá atingir o objetivo de voltar à elite do futebol brasileiro.

"Não é nada que não se resolva. Desde minha chegada, falei que o Grêmio iria subir, e vai. Mas deixei claro que iríamos sofrer, e vamos. Não vou resolver tudo, mas pode ter certeza que o Grêmio vai subir. O sofrimento fará parte, mas antes da última rodada o Grêmio estará na Série A", finalizou.

Buscando a vitória nesta terça, Renato poderá contar com o reforço de Bitello, que volta de suspensão. Por outro lado, Villasanti foi convocado pela Seleção Paraguaia, e é desfalque. Ferreira, Nicolas, Kannemann, Jhonata Robert, Campaz e Janderson seguem no departamento médico. 

Portanto, uma possível escalação inicial do Grêmio tem: Brenno; Edílson, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Lucas Leiva, Bitello e Thaciano; Biel, Diego Souza e Guilherme.

O Sport, por sua vez, vem de vitória por 1 a 0 contra o Bahia, e busca manter o bom momento para subir na tabela. Com 43 pontos, o time ocupa a sexta posição.

O técnico Claudinei Oliveira poderá contar com o reforço de Rafael Thyere, recuperado de lesão. Por outro lado, Denis, Ray Vanegas, Parraguez e Everton Felipe devem seguir no departamento médico.

Uma possível escalação inicial do Sport tem: Saulo; Eduardo, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Fabinho, Ronaldo Henrique, Giovanni e Luciano Juba; Coutinho e Vagner Love.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir