Cidadeverde.com
Geral

Morte de caminhoneiro completa um ano; Acusado ainda está foragido

Imprimir

A morte do caminhoneiro Helvécio dos Prazeres completou ontem (10) um ano sem que o acusado, o empresário Flábio de Sousa Silva, fosse preso ou que a Justiça tenha marcado a primeira audiência do caso.


O advogado da família da vítima, Humberto Carvalho, o processo ainda aguarda a marcação da primeira audiência. "Não há o que se discutir sobre a autoria ou a materialidade do crime. Isso é suficiente para que o processo seja julgado", argumenta o advogado.


Yala Sena/Cidadeverde.com



O filho do caminhoneiro, Fernando dos Prazeres, afirma que recebe uma pensão de R$ 700 e questiona a morosidade da Justiça.


"Se a sociedade julgar que ele (o acusado) não foi culpado eu me conformo. O que eu não me conformo é que já tenha se passado um ano e nem o julgamento tenha sido marcado", diz.





O crime ocorreu no cruzamento da avenida Presidente Kennedy com Dom Severino, na zona leste de Teresina. Quando Helvécio estava parado no sinal foi alvejado com seis tiros. Flábio contou à polícia que matou por engano, pensando que Helvécio fosse o caminhoneiro que matou seu filho em um acidente.




Veja tudo que já foi publicado sobre o caso

Após 03 meses da morte de helvécio dos prazeres o acusado não foi preso
Polícia divulga foto do empresário acusado de matar caminhoneiro
Família de motorista morto por engano quer prisão e indenização
Empresário que matou motorista inocente é procurado pela polícia
Filho de caminhoneiro revela novos detalhes sobre a morte no trânsito
Empresário se entrega, confessa ter matado motorista e é liberado
Polícia confirma que o caminhoneiro Helvécio Maia foi morto por engano
OAB/PI entra no caso da morte do motorista na zona leste
Motorista foi morto por engano em crime de vigança, diz James Guerra
Empresário é acusado de matar por vingança caminhoneiro na Kennedy
Filho chora morte do caminhoneiro e diz que pai não tinha inimigos
Motorista é morto com 6 tiros em briga de trânsito na capital


Leilane Nunes (da Redação)
Joelson Giordani (da TV Cidade Verde)
[email protected]

Imprimir