Cidadeverde.com
Últimas

Moovit: Usuários avaliam aplicativo que exibe horário de ônibus

Imprimir

O aplicativo Moovit foi implantado em Teresina em janeiro deste ano para facilitar a vida dos usuários de transportes públicos da capital. A ferramenta funciona como um programador de rotas com informações como horários e linhas disponíveis. No entanto, alguns usuários reclamam que as informações do aplicativo não são atualizadas e que o serviço totalmente confiável.


Aplicativo pode ser acessado em tablets e telefones celulares

Em sua descrição, o aplicativo promete atuar como um assistente pessoal de transporte, ou seja, levar o usuário até o destino dando informações sobre as rotas das linhas de ônibus e os pontos de desembarque. Além disso, o aplicativo promete informar os horários de chegada e partida em tempo real.

Mas para alguns usuários do transporte público da capital, a ferramenta não é tão eficaz quanto promete. A estudante universitária Eliziane Oliveira afirma que os horários das linhas não correspondem com os do aplicativo.

“A ideia é excelente, porém só na teoria, porque na prática deixa muito a desejar. O app seria uma ótima saída para não ter que ficar mais de meia hora em uma parada de ônibus. Gosto da ideia, mas as empresas deveriam fazer um esforço para melhorar a exatidão dos horários”, disse.

A estudante de administração Débora Teixeira usou o aplicativo durante alguns meses e depois desistiu porque não estava satisfeita com o serviço. “Logo que lançaram baixei, tentei usar durante uns seis meses, mas usei poucas vezes porque os horários quase nunca batiam e minha linha estava com o percurso todo errado”, contou. 

Para a aposentada Teresa Almeida, mesmo com uma diferença nos horários o aplicativo ainda é uma ótima forma de o usuário programar suas viagens. “Não passa exatamente no horário marcado, a margem é de 5 minutos antes ou depois. Mas ainda acho que é um serviço muito bom e consulto sempre antes de sair de casa para não perder os compromissos”, defende.

O aplicativo
O Brasil é o maior mercado para o Moovit. Dos 20 milhões de adeptos pelo mundo, nos 50 países em que o aplicativo está presente, 4 milhões são brasileiros, distribuídos pelas 30 cidades em que o serviço opera no país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Segundo a assessoria brasileira da empresa responsável pelo Moovit, o aprimoramento do APP pode ser feito através da resposta destes que podem reportar alteração no horário das linhas, alteração de percurso e dizer se há alguma linha nova na cidade que não está mapeada através das ferramentas do próprio programa. 

O gerente de Planejamento da Strans, Vinícius Rufino, informou que o próximo passo deve ser a integração dos GPS dos ônibus com o Moovit e outros aplicativos. "Os GPS são utilizados atualmente para fiscalização. Estamos resolvendo questões técnicas para disponibilizar não só para o Moovit como também para outras plataformas", informa. Dessa forma, será possível acompanhar em tempo real o percurso dos coletivos, mas ainda não há previsão para que o serviço esteja disponível.

 

 

Veja todas as matérias do especial:

Cidadeverde.com embarca no sistema de ônibus de Teresina

Trajeto: Ônibus lotado na zona norte e desconhecimento rumo à zona Sudeste

Trajeto: Do Sul ao Leste, calor e demora no final da tarde

O mais rápido, o mais contínuo, o mais longo

A conflituosa relação entre as paradas de ônibus e os usuários

Do bonde ao ônibus: O início do transporte coletivo de Teresina

História: Depois do bonde, o ônibus

Motoristas de ônibus revelam o estresse da profissão

Cadeirantes relatam como é utilizar o transporte público em Teresina

Moovit: Usuários avaliam aplicativo que exibe horário de ônibus

Novo sistema de ônibus terá terminais, corredores e novas linhas e pontes

 

Lucas Marreiros (Especial para o CidadeVerde.com)
Carlos Lustosa Filho
redacao@cidadeverde.com

Imprimir