Cidadeverde.com

Rapaz tem surto e mantém cliente de banco refém por cerca de 1 hora

Atualizada às 12h29

Uma jovem foi mantida refém com uma faca dentro da agência do Banco do Brasil, na cidade de Bom Jesus, no Sul do Estado. Vídeos gravados por câmeras de celulares mostram momentos de tensão.

Dominada com o golpe conhecido como "gravata", a vítima ficou imobilizada e na mira do suspeito por cerca de 1 hora. 

O caso ocorreu por volta das 11h da manhã desta terça-feira (15). Segundo informações apuradas pelo Cidadeverde.com o homem teria transtornos mentais e é identificado como Márcio Santos de Sousa, 40 anos, conhecido como “Tiozim”.

O chefe de investigação da Delegacia Regional de Bom Jesus, José Anchieta, informou ao Cidadeverde.com que o homem “surtou” e tentou roubar a arma do vigilante do banco antes de manter a jovem refém. 

Foto: Reprodução WhatsApp

“Ele surtou e disse que queria contar a história dele. Dizia que ninguém queria escutá-lo, que não tinha nada a perder, que podia matar ou morrer. Ele dizia coisas desconexas”, conta o chefe de investigação.  

Os policiais fizeram negociação por uma hora para que a refém fosse liberada. A mãe de Márcio foi levada ao local e só diante da presença dela a moça foi liberada. “Chamamos a mãe dele e quando ela chegou, ele se entregou”, disse Anchieta. Segundo o comandante da PM em Bom Jesus, major Evandro Gomes, ela disse que o filho é dependente químico e estava em abstinência. 

A jovem mantida refém está em estado de choque e ainda não conseguiu prestar depoimento à polícia. O caso deixou assustados vários clientes da agência, que estava lotada no momento da ação. 

O chefe de investigação José Anchieta conta que, na semana passada, Márcio teria quebrado o vidro de uma das viaturas da Polícia Civil de Bom Jesus. 

Márcio foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos e deve ser autuado por sequestro. 


Graciane Sousa e Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Suspeito de matar PMs do Ceará e assalto a carro-forte é preso em Bom Jesus

Um dos homens considerados mais perigosos do Ceará foi preso em Bom Jesus (a 600 km de Teresina). José Massiano Ribeiro é suspeito de participação na morte de três policiais e assaltos a carros-fortes no estado cearense. Ele foi preso na última segunda-feira(27), em uma ação que envolveu a Delegacia de Repressões às Ações Criminosas Organizadas (Draco) do Ceará.

José Marciano foi preso no povoado Barra Verde às margens da BR-135, há cerca de 20 quilômetros da zona urbana da cidade.  

Ele figurava na lista dos mais procurados do estado cearense, mas tinha uma vida "normal" na capital da soja piauiense. "Ele estava começando a trabalhar em uma empresa da construção civil e se fichou, acredito que foi por ai que conseguiram rastreá-lo e localizá-lo", informou José de Anchieta, chefe de investigação da 9ª regional de Polícia Civil, que não teve participação na prisão.

"Quem efetuou a prisão foi a Polícia Civil do Ceará, vieram cumpriram o mandado de prisão e foram embora. Não nos deram informação", destacou.

O policial, que mora em Bom Jesus, informou que antes de trabalhar na empresa, José Marciano era autônomo e tinha uma vida social relativamente boa na cidade. Ele acredita que já estava na região cerca de um ano.

Ele é suspeito de envolvido em assaltos a carros-fortes e na morte de policiais na cidade de Quixadá, no Sertão do Ceará, em junho de 2016. E era um dos poucos acusados de participação nas mortes dos policiais, que continuava foragido.

Os militares Francisco Guanabara Filho (50), primeiro sargento da PM; Antônio Joel de Oliveira Pinto (33), cabo da PM; e Antonio Lopes Miranda Filho (33), soldado da PM; foram mortos em confronto com bandidos no distrito de Juatama. Logo após o fato, diligências foram iniciadas no sentido de identificar e capturar os envolvidos no crime. Na ocasião, outro policial foi ferido e outros dois permaneceram algumas horas como reféns dos bandidos.

Os detalhes do trabalho policial foram apresentados, em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (29) no auditório do Complexo de Delegacias Especializadas (Code).

 

Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com

Novo Fórum de Bom Jesus será inaugurado no dia 14 de junho

Fotos: TJPI

Com o objetivo de assegurar a excelência no atendimento ao público e melhores condições de trabalho a magistrados e servidores, além de maior qualidade nos serviços prestados à sociedade, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, irá inaugurar o novo Fórum da comarca de Bom Jesus (a 600 km de Teresina) no dia 14 de junho, e entregará a reforma e ampliação do Fórum de Piripiri (a 160 km da Capital) no mês de julho. As duas construções integram o Plano de Obras da gestão 2019/2020 do TJ-PI.

Localizado no bairro São Pedro, o novo Fórum de Bom Jesus abrigará a Vara Única, a Vara Agrária e o Juizado Especial Cível e Criminal. O prédio está instalado em um terreno de 2.212,00 m², tendo área total construída de 1.099,21 m², incluindo a edificação principal, a casa do gerador e subestação, guarita e a coleta seletiva. O prédio conta também com placas fotovoltaicas.

Além de duas Varas completas (com secretaria, sala de audiência, gabinete de juiz, recepção e sala para assessor jurídico) e um JECC, o prédio conta com Auditório do Tribunal do Júri com capacidade de até 92 pessoas, salas para Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público e Defensoria Pública, banheiros públicos e banheiros para servidores, recepção.

Piripiri

Já o Fórum Desembargador João Turíbio Monteiro de Santana, na comarca de Piripiri, passou por reforma e ampliação. A estrutura existente inicialmente, de 697,00 m², foi reformada e ampliada em 1.146,00 m².

O prédio foi compartimentado em três blocos, que comportam três Varas, com protocolo, secretarias, salas de audiência, assessorias e gabinetes, o Juizado Especial Cível e Criminal, além de Tribunal do Júri com 88 lugares, Central de Mandados e salas para Defensoria Pública, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil.

redacao@cidadeverde.com

Homens são presos após enterrarem botijão e computadores roubados

Foto: B1

Dois homens suspeitos de terem roubado uma unidade de saúde no interior do Piauí foram presos nesta sexta-feira (17) pela Polícia Civil e conduzidos a Delegacia Regional de Bom Jesus. Eles chegaram a enterrar dois notebooks e um botijão roubados de um posto de saúde em Currais, a 640 km de Teresina, no dia 4 de maio.

Os homens foram identificados como Genailson Santos Moreira, conhecido como Patati, e Antônio Carlos, conhecido como Carlito. Após arrombar a janela do banheiro do posto de saúde no centro de Currais, os assaltantes levaram dois notebooks, um botijão de gás e um modem roteador de internet.

“O roteador estava abandonado e os notebooks e o botijão eles enterraram próximos as suas residências”, informou o delegado Jucier Alves, titular da 9ª Delegacia Regional da Polícia Civil.

A polícia chegou à dupla por meio de investigações e denúncias anônimas. A delegacia de Bom Jesus também disponibiliza um canal de comunicação próprio para denúncias.

Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com

Sobrinho de vereador de Bom Jesus morre em acidente na BR 135

Diogo da Silva Lima, de apenas 14 anos, morreu na tarde do domingo  (05) vítima de um acidente na BR-135, trecho da localidade Couves, zona rural de Bom Jesus.

Segundo informações, a vítima, que estava em uma motocicleta, iria entrar na rodovia quando foi atingido por uma caminhonete. Diogo foi socorrido pelo Samu e deu entrada no Hospital Regional de Bom Jesus por volta das 13h. Apesar de estar consciente, o jovem veio a óbito horas depois, possivelmente por conta de uma hemorragia interna.

O motorista foi à Delegacia Regional de Bom Jesus prestar os devidos esclarecimentos. Danificado pela colisão, o veículo ficou no local do acidente.

Diogo era sobrinho do vereador Xavier, que na sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Bom Jesus na manhã de hoje (06) lamentou o ocorrido. “Infelizmente não temos ainda uma saúde de qualidade em nossa cidade, não por falta de vontade dos profissionais da saúde, não porque o hospital não oferece as condições adequadas. Queria pedir ainda que o DNIT faça o acostamento no trecho da localidade Couves, que é muito perigoso”, disse.

Fonte: portal b1

Criança de 3 anos é atingida na virilha por tiro de espingarda

Foto: Ascom Sesapi

É estável o estado de saúde da criança de três anos de idade atingida por um disparo de espingarda em Bom Jesus, a 637km de Teresina. Cerca de sete estilhaços de metal foram retirados da virilha do menino, que permanece internado no Hospital Tibério Nunes, em Floriano. O incidente ocorreu na última terça-feira (9).

De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital Regional, o quadro de saúde da criança é estável, não sendo necessária transferência para outro centro de saúde. Ainda não há previsão de alta.

O menino teria disparado acidentalmente a arma do avô em uma propriedade na zona rural de Bom Jesus. A espingarda estava armada.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Família denuncia médica por mau atendimento a bebê de 8 meses

Os familiares de um bebê de oito meses denunciaram o atendimento médico no Hospital Regional de Bom Jesus, no dia 23 de março deste ano, porque a criança bateu com a mão na mesa da médica. 

A tia do bebê, Naize Pessoa, disse que a situação foi constrangedora porque o bebê estava com febre, tosse e falta de ar. 

“Meu sobrinho bateu com a mãozinha na mesa, querendo brincar, e a médica rapidamente puxou (o móvel). Ela disse que odeia quando batiam na mesa. Se a mãe, que é minha cunhada, não estivesse segurando a criança ela teria caído. Se fosse outra pessoa tinha até batido na médica, mas a mãe do bebê não é esse tipo de gente”. 

“Essa médica estava com muita má vontade. Meu irmão mora em Palmeira do Piauí e foi até o hospital de Bom Jesus por ser o mais próximo. Ninguém nem dava notícia de médico, quando ela chegou mal humorada com uma hora de atraso (para o atendimento).

A tia também relatou que a médica prescreveu o medicamento com uma letra ilegível, que nenhum atendente de três farmácias diferentes entendeu.

Foto: Divulgação/Família 

“Os pais foram atrás de socorro e fizeram foi por isso com um bebê. É um absurdo. E essa questão da receita, que não entenderam. Graças a Deus a criança melhorou, tivemos que automedicar, foi o jeito, ela ficou bem, mas o pior poderia ter acontecido. Essa é minha indignação”. 

A direção do Hospital Regional de Bom Jesus informou que conversou com a médica e a profissional negou a denúncia da tia do bebê.

 A médica acredita que houve um “grande mal entendido” e disse que não agiu com agressividade, pois o bebê foi atendido “normalmente”.    

 “O bebê estava agitado e a médica solicitou à mãe que segurasse a criança para ela poder fazer encaminhamento e prescrição. A médica disse que a criança estava agitada, querendo subir na mesa. Ela confirmou que puxou a mesa, mas disse que não houve agressividade. Disse  também que não usou o termo odeio isso”, disse a direção.

 A direção disse ainda que não recebeu a denúncia formalmente. No entanto, chamou atenção da equipe médica e de enfermagem do hospital cobrando que o atendimento na unidade seja mais humanizado.

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Preso homem que transportava drogas para Bom Jesus

Um jovem de 18 anos, foi preso na noite do último domingo na BR-242, em Barreiras (BA), transportando cerca de 6 kg de maconha e 50 gr de cocaína escondidos na bagagem. O suspeito estava no ônibus interestadual que fazia a linha Brasília (DF) x Esparantina (PI).

O flagrante foi realizado por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nas imediações do Km 800 na BR 242. Durante a abordagem, os policiais notaram que ele aparentava nervosismo e contradições nos questionamentos. 

Ao iniciarem o procedimento de revista nos pertences do suspeito, as equipes localizaram os materiais ilícitos. Segundo a PRF, as drogas foram recebidas pelo passageiro em Sobradinho (DF) e seriam levadas para Bom Jesus, no Piauí.

Fonte: portalb1

Penitenciária do Piauí com 130 presos fica desabastecida de alimentos


Foto: Portal B1

Sem carne, frango e demais frios, além de alimentos não perecíveis. Essa era a realidade da Penitenciária Regional Dom Abel Alonso Núñez (PRDAAN) há, pelo menos, uns dois dias, quando  veio a público um ofício, assinado pelo gerente da unidade, Ronnald Alves Tenório de Oliveira, denunciando a situação.

Localizada em Bom Jesus, região Sul do Piauí, a penitenciária está com lotação de 130 internos. A quantidade supera a recomendada para o espaço, que é de apenas 76 presos em regime fechado. Esse pode ser um dos motivos para que os mantimentos acabem antes do tempo previsto.  

No documento, o gerente ressalta que a falta de alimentos "pode interferir nas atividades diárias, pois a falta de alimentação pode gerar tumulto nos pavilhões".

"Portanto, pedimos encarecidamente que tome às providências cabíveis para solucionar tal fato", diz o ofício enviado ao secretário de Justiça. Daniel Oliveira.

Ao que tudo indica, o caso foi solucionado. Em ofício datado nesta quinta(27) para o secretário de Justiça, o gerente da PRDAAN, Ronnald Tenório afirmou que a unidade está "operando normalmente e com os abastecimentos devidamente feitos".

Sobre a demanda por suprimento, a Secretaria de Justiça (Sejus) ratificou, por meio de nota, que a unidade foi reabastecida.

 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Suspeitos de fornecer e traficar drogas são presos em Bom Jesus

Uma operação policial contra o tráfico de drogas em Bom Jesus (a 600 km de Teresina) foi realizada nesta quarta-feira(30) e prendeu três suspeitos de traficar e fornecer entorpecentes para uma boca de fumo nas proximidades do mercado público da cidade.

No local, havia dois usuários e um casal suspeito de vender as drogas consumidas, Wilson Alves Bezerra e Anísia Alves Rabelo foram presos.

"Wilson, mais conhecido como o Velho, traficava, consumia e disponibilizava sua casa para o consumo de outros dependentes químicos. Anísia também traficava e consumia entorpecentes naquele local. As investigações indicavam que o fornecedor, sabendo do vício de ambos, acabou 'contratando-os'. A cada 30 pedras vendidas, 10 eram dadas como forma de pagamento ao casal", afirma a nota da Secretaria de Segurança. 

De acordo com o delegado Aldely Fonteneli, o fornecedor abastecia o ponto de consumo várias vezes durante o dia e a noite, já que o local tinha muitos usuários. “Parece ser uma forma arriscada de vender drogas, já que eles poderiam consumi-las. Entretanto, as ameaças empregadas pelo fornecedor os impedia disso”, assim explica. 

Lá foram encontrados e apreendidos papel alumínio, cachimbos, isqueiros e pedras de crack. 

Com a prisão do casal, eles delataram quem seria o fornecedor da droga, informando o nome, o apelido, as características físicas, o veículo e o endereço. 

"Diante dessas informações a equipe de policiais civis montou uma campana e aguardou a chegada do alvo. Assim que o fornecedor estacionou sua moto, em frente à sua residência, ele foi abordado e preso na primeiras horas noite. Tratava-se de Wilson dos Santos Araújo, mais conhecido como o Pirata ou Galo Cego, o qual transitava numa Yamaha Lander vermelha, abastecendo bocas de fumo espalhadas pela cidade", discrimina a nota. 

Na sua casa foram encontrados dois notebooks, pedras de crack, papel filme, pinos destinados ao armazenamento de cocaína e R$ 800, possivelmente o valor apurado numa bela tarde de “trabalho”.

Da redação
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores