Cidadeverde.com

Idoso de 71 anos morre atropelado por caçamba em Bom Jesus

 

 

Foto: portal B1

Um comerciante identificado como Roque Rodrigues de França, de 71 anos, morreu atropelado por caçamba desgovernada na manhã desta quarta-feira (21/07), em Bom Jesus, Sul do Piauí. O acidente aconteceu na ladeira conhecida como 'Sonrisal', na rua Armândio Nazário, trecho que liga o bairro Miramar ao bairro Alto Alegre. 

O condutor da caçamba carregada com areia tentou subir a ladeira, faltou o freio, ela voltou desgovernada atingido a vítima, que estava atrás em uma motocicleta. O corpo foi arrastado  por mais de 30 metros e ficou irreconhecível, segundo testemunhas.

Polícia Militar esteve no local e isolou a área até a chegada da Polícia Civil. Roque era vendedor de leite, pecuarista e proprietário de casas para aluguéis bastante conhecido na cidade.

Com informações do Portal B1

PRF apreende caminhonete com débito de mais de R$ 22 mil

Foto: Divulgação PRF

Um veículo modelo Toyota Hillux foi apreendida em uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) depois que os policiais constaram que o condutor, de 54 anos, estava com a CNH vencida há quatro anos e o veículo possuía 16 infrações trânsito, somando mais de R$ 22 mil em débitos. 

A apreensão aconteceu na tarde desta sexta-feira(16) na BR-135, em Bom Jesus (a 600 km de Teresina). As multas estavam registradas no site do Departamento de Trânsito do Piauí (Detran-PI).

O condutor foi autuado por Dirigir veículo com CNH vencida e pelo veículo estar indevidamente licenciado. 

A Pick up de luxo foi recolhida ao pátio conveniado à PRF e só deverá ser liberado após o pagamento de todos os débitos.

A PRF recomenda a todos os condutores/proprietários de veículos que mantenham a documentação sempre me dias.

 

Da redação
[email protected]

PM e Vigilância Sanitária acabam com festa clandestina em Bom Jesus

 

 

Equipes da Vigilância Sanitária e da Polícia Militar dispersaram uma aglomeração na noite deste domingo (04) nas proximidades de um posto de gasolina em Bom Jesus, no sul do Piauí. No local estavam cerca de 100 pessoas, a maioria jovens, que consumiam bebidas alcoólicas e dançavam embalados por paredões de som, contrariando o que determinam os decretos que estabelecem medidas de combate à Covid-19.

As equipes chegaram até o local para dispersar a aglomeração  após denúncias feitas por moradores da região.  Um Termo Circunstanciado de Ocorrência foi feito contra o estabelecimento e os proprietários dos paredões de som e os participantes da festa foram orientados a voltar para suas casas.

"É um bar que fica em um posto de gasolina localizado na saída de Bom Jesus para Currais. Nesse final de semana juntaram esses paredões de som e essa aglomeração, com pessoas sem distanciamento, sem máscara, dançando e consumindo bebidas alcoólicas. A maior parte das pessoas eram pessoas jovens", relatou o secretário de Saúde de Bom Jesus, Keppler Góis Miranda.

Ainda de acordo com o secretário, o flagrante coincidiu com o primeiro final de semana de flexibilização de medidas sanitárias no município. "Nós passamos três finais de semana seguidos com lockdown parcial, onde bares e restaurantes fechavam no final de semana. Como houve o controle de casos,  esse final de semana a gente não fechou. Foi o primeiro final de semana com essa flexibilização e acabou tendo esse exagero", disse. 

Após o registro de aglomeração, as autoridades de saúde de Bom Jesus devem realizar reuniões ao longo da semana para definir se mantém as flexibilizações ou se as restrições mais rígidas vão ser retomadas. 

Pandemia em Bom Jesus 

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) apontam que Bom Jesus já registra 3551 casos confirmados e  41 óbitos em decorrência da Covid-19.

O Hospital Regional de Bom Jesus tem atualmente 77,8% de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com 7 dos 9 leitos existentes ocupados atualmente. Já a taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 58,8%, com 10 dos 17 existentes sendo utilizados atualmente.


Natanael Souza
[email protected] 

Promotor investiga “milícia” com atuação de policiais militares no Sul do estado

Foto: arquivo Cidadeverde.com


O Ministério Público de Bom Jesus abriu investigação para apurar suposta atuação de “milícia organizada” no Sul do estado. 

O inquérito foi aberto após denúncia de três pessoas – entre eles fazendeiros – que foram ameaçados de mortes pela “milícia” que chegou a disparar tiros contra as vítimas.

O promotor Márcio Carcará informou ao portal Cidadeverde.com que há indícios de participação de policiais militares.

“É um grupo perigoso que atua nos cerrados com participação de sargentos e cabos da PM. Eles são pagos para ameaçar grupos rivais, expulsar agricultores de terras em áreas de conflitos agrários”, informou o promotor. 

O atentado contra os fazendeiros, que fizeram denúncia, ocorreu no dia 25 de maio em Bom Jesus. Segundo o Ministério Público, eles chegaram na fazenda, abordaram e efetuaram tiros. 

Segundo o promotor, no sul do estado, as milícias dividem os terrenos e a organização criminosa não pode invadir a área da outra. 

“Existem ramificações desde Corrente até Floriano. São grupos que auxiliam na segurança privada e aproveitam os conflitos agrários”, disse Márcio Carcará.

Mês passado, em Uruçui, extremo sul do estado, 12 pessoas foram presas suspeitas de atuarem como “milícia privada” no Sul do estado.  Entre os presos estão sete policiais militares do Maranhão, que foram detidos em flagrante, e cinco vigilantes. 

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Mulheres são presas transportando 41 tabletes de drogas em ônibus no Sul do Piauí

Foto: DEPRE

 

Duas mulheres foram presas com 41 tabletes de drogas em Bom Jesus, região sul do estado do Piauí, na madrugada desta sexta-feira (18). As equipes da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) realizavam abordagens de rotina em ônibus interestaduais quando encontraram a droga escondida em quatro malas. As malas pertenciam às duas mulheres presas, que se conheciam. 

O coordenador da Depre, delegado Everton Ferrer, informou ao Cidadeverde.com que está no Sul do Estado, junto com a equipe. As fiscalizações integram a Operação Narco Brasil, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, iniciada em junho deste ano. Essa operação conta com a participação das polícias civil, federal e rodoviária federal e busca, em parceria, combater o tráfico de entorpecentes em todo o país. 

O delegado ressalta que as mulheres não tinham antecedentes criminais e que a droga tinha como estado de destino o Ceará. O ônibus no qual a droga estava escondida faz percurso São Paulo-Ceará. 

A droga passará por perícia para identificar de qual substância se trata. 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

PRF apreende no Piauí carga ilegal de eletrônicos e bebidas

Uma grande carga de eletrônicos, bebidas e perfumes foi apreendida sem nota fiscal na cidade de Bom Jesus, na noite de domingo (23), na BR 135. O material era transportado em uma carreta, conduzida por um homem de 40 anos, e teria como destino o estado de São Paulo. A apreensão ocorreu por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante fiscalização de rotina. A carga sem nota fiscal estava escondida entre garrafas prensadas que seriam destinadas à reciclagem. 

“No momento que foi feita a verificação, foi encontrado por trás dessas garrafas outra carga de eletrônicos, de perfumes, de roupas com indícios de falsificação. Todo esse carregamento era irregular. Os policiais perguntaram ao homem sobre a documentação da carga, ele informou que não sabia da nota fiscal, não recebeu e não tinha conhecimento dessa carga. Ele informou também que o destino de todo esse produto seria o estado de São Paulo”, diz o inspetor da PRF, Alexandre Lima. 

Até as 8h desta segunda-feira (24), a carga não tinha sido totalmente contabiliza.

A PRF relatou que “os policiais desconfiaram da atitude do homem que se apresentava bastante nervoso e constantemente entrando em contradição. Ao fazer a vistoria no compartimento de carga, foram encontrados materiais de origem estrangeira tipo eletrônicos, relógios, bebidas, roupas e perfumes”. 

A PRF acrescentou que “o condutor e a mercadoria serão encaminhados nesta segunda-feira (24) para a Receita Federal na cidade de Teresina/PI para os procedimentos que o caso requer. O caminhoneiro deverá responder pelo crime de Descaminho”. 

Foto: PRF



Carlienne Carpaso
[email protected] 

 

Viatura da Polícia Civil pega fogo em frente à delegacia de Bom Jesus

 

Uma viatura da Polícia Civil pou fogo na noite desta quarta-feira (05) no município de Bom Jesus, distante cerca 600 quilômetros ao sul da capital. O veículo estava estacionado nas proximidades Delegacia Regional do município quando as chamas começaram.

Por causa do fogo, a viatura ficou completamente destruída. As chamas precisaram ser controladas por policiais que contaram com a ajuda de moradores da região. 

Apesar da gravidade da situação, ninguém ficou ferido e carros que estavam estacionados nas proximidades não foram atingidos pelo fogo. 

Nas redes sociais, internautas compartilharam vídeos e fotos do momento em que as chamas destruíam o veículo.

Ainda não é possível saber o que ocasionou o incêndio. As causas estão sendo apuradas pela Polícia Civil, que iniciou na manhã desta quinta-feira a análise de câmeras de segurança. 

"Ao que tudo indica foi curto circuito", informou o delegado Jucier Santos, titular da Delegacia de Bom Jesus. 

 


Natanael Souza
[email protected] 

Empresário e ex-candidato é preso pelo crime de estelionato

Um empresário de 46 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em cumprimento a mandado de prisão – decorrente de sentença condenatória – pelo crime de estelionato. A prisão ocorreu na BR-135, na cidade de Bom Jesus, na terça-feira (04). O empresário chegou a se candidatar a vice-prefeito de município na região Sul do Piauí, mas não se elegeu.

Em levantamento, a PRF também identificou que o empresário também responde criminalmente por homicídio simples e que ele possui em “seu nome quatro registros no Cadastro de Pessoa Física - CPF da Receita Federal”. 

A PRF não revelou a identidade do preso. “Foi verificado inclusive que os registros foram utilizados para a participação no quadro societário de várias empresas. Os policiais verificaram também que o acusado é bastante conhecido no meio policial sendo considerado um dos maiores estelionatários da região centro-oeste do país”, informa a PRF. 

A PRF ressalta que a abordagem ao veículo do empresário, GM/CAMARO 2SS, ocorreu durante fiscalização de rotina.  “O condutor informou que não possuía CNH, apresentando apenas seus documentos pessoais. Ao realizar os devidos levantamentos, os policiais detectaram que o homem respondia a diversos processos cíveis e criminais. Foi verificado que ele possuía em seu desfavor um Mandado de Prisão Definitiva expedido pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal em 21/08/2020 acusado do crime de estelionato”, acrescenta a PRF.


 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Sindicato apura denúncias sobre condições de trabalho no hospital de Bom Jesus

Foto: Ascom Sindespi

Após diversas denúncias de servidores sobre condições de trabalho no Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, no município de Bom Jesus, a diretora da Regional do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde Pública do Piauí (Sindespi), visitou o hospital para apurar as denúncias. Paula Mércia se reuniu com servidores ouvindo as reclamações e vistoriando as condições de trabalho inadequadas em alguns setores.

“Recebemos denúncias em relação a vários setores do hospital e marcamos reunião com a direção do hospital. Os servidores que atuam na recepção reclamam da qualidade dos EPIs e do local que é muito quente, comprometendo o próprio rendimento no trabalho. O pessoal da copa também reclama das condições físicas da área que é muito quente, e alguns servidores já chegaram a passar mal de tanto calor. Já os técnicos também reclamam da situação da área de repouso que está precária, uma situação triste”, afirmou a diretora do Sindespi, Paula Mércia.

Outra reclamação dos servidores é sobre carga horária e insalubridade. “Todos os servidores reclamam do valor pago pela produção, que é muito pouco em relação à quantidade de trabalho, que aumentou. Os técnicos também estão reclamando da diferença de carga horária entre técnicos e enfermeiros. Foi marcada uma reunião desses profissionais com a direção do hospital, para discutir carga horária e insalubridade. Mas a data da reunião ainda foi marcada”.

A diretora Paula Mércia explica que a atual diretora do hospital, a senhora Maria da Guia da Silva Pereira, argumentou que é nova à frente da gestão do hospital, reconheceu as falhas, e se comprometeu a tomar as providências cabíveis, e que se reunirá com os servidores para tratar das reivindicações.

Em relação à copa, a direção informou será ajeitada, mas que no momento a prioridade é o setor Covid. Disse que irá resolver a solicitação do pessoal da cozinha, mas não definiu uma data. Em relação ao setor de repouso, reconheceu que não está adequado e irá providenciar melhoras, como a troca dos colchões. Argumentou que está tentando arrumar a casa e pediu um tempo para poder organizar tudo, e assim que o fizer, avisará ao sindicato. 

A direção do Sindespi informa que continuará acompanhando a situação e cobrando a resolução dos problemas apontados. E que aguarda a confirmação de data para nova reunião com a Direção do Hospital Regional de Bom Jesus em busca de respostas concretas para as questões apontadas.

 

[email protected]

Idosos de 93 e 95 anos são presos em banco ao tentar dar golpe

Foto: divulgação PC-PI

Dois idosos, de 93 e 95 anos, estão entre os presos de uma operação contra fraudes a benefícios do INSS deflagrada ontem (07) em Bom Jesus, no sul do Piauí. Eles são suspeitos de tentativa de estelionato e associação criminosa. 

De acordo com a polícia, os idosos, identificados apenas pelas iniciais F.M.O (93) e F.S.A (95), tentavam retirar benefícios previdenciários utilizando documentos falsificados. Eles são naturais do estado do Maranhão e estariam em Bom Jesus apenas para a prática. 

"Eles se passavam por outras pessoas para poder sacar o benefício delas, utilizando documentos falsos" informou o delegado Jucier Santos, titular da Delegacia Regional de Bom Jesus.

A prisão aconteceu após denúncia de que um homem estaria utilizando documentos falsos para retirada de benefício. Após a comprovação do crime, policiais tiveram acesso a imagens de câmeras de segurança da agência, onde foi verificado que o suspeito contava com a participação de outras pessoas na prática criminosa, localizadas e presas posteriormente.

Ainda de acordo com a Polícia, a idosa F.S.A (95) foi detida utilizando uma cadeira de rodas, que seria apenas um disfarce. "Ela utilizava a cadeira apenas para praticar o golpe", informou o delegado. 

Além dos dois idosos, outras três pessoas foram presas, dois homens e uma mulher. Dois deles atuavam como acompanhantes dos idosos durante a tentativa de golpes. O outro era o motorista do grupo. 

O Delegado Jucier Santos, titular da Delegacia Regional de Bom Jesus,  informou ao Cidadeverde.com que existe a suspeita de participação de outras pessoas no grupo que tentava sacar benefícios. Segundo ele, as investigações devem continuar para tentar identificar outros possíveis envolvidos e os demais detalhes do esquema, como a origem dos documentos falsificados. 

Os cinco suspeitos permanecem presos, aguardando manifestação judicial. Eles devem ser indiciados por tentativa de estelionato e associação criminosa. 

 

Natanael Souza
[email protected]

Posts anteriores