Cidadeverde.com

Seminário de formação política do PSDB acontece sábado

A cidade de Bom Jesus recebe neste sábado (17) o seminário “O Piauí pode dar certo”, evento de formação política do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e Instituto Teotônio Vilela. A atividade acontece a partir das 9h, na Câmara Municipal de Bom Jesus, e contará com a presença do pré-candidato a governador do Estado, o deputado estadual Luciano nunes.

Este é o segundo de uma série de 12 seminários que acontecerá até o mês de julho. A atividade será realizada em cada território de desenvolvimento do Piauí e tem por objetivo mobilizar e motivar a população para o exercício pleno da cidadania, que é a escolha pelo voto, bem como discutir as questões referentes a cada polo onde será realizado o seminário na área de educação, saúde, infraestrutura, segurança, entre outras temáticas.

“Temos potencialidades e oportunidades para um Estado mais desenvolvido e com mais qualidade de vida para a população. Nesses seminários queremos justamente apresentar o atual cenário do Estado, as nossas potencialidades, as nossas carências, e ouvir da comunidade o que cada uma deseja para sua cidade, ouvir ideias de quem quer fomentar o desenvolvimento do nosso Estado e buscarmos informações que colaborem para que o Piauí possa dar certo”, afirma Luciano Nunes.

O seminário em Bom Jesus abrange os municípios do polo Chapada das Mangabeiras. O primeiro  aconteceu no mês de fevereiro, em Piripiri, e contemplou o Polo Cocais. Receberão ainda os seminários os municípios de São Raimundo Nonato (polo Serra da Capivara); Parnaíba (polo Planície Litorânea); Uruçuí (polo Tabuleiro do Alto Parnaíba); Teresina (polo Entre Rios); Paulistana (polo Chapada Vale do Rio Itaim); Campo Maior (polo Carnaubais); Valença (polo vale do Sambito); Picos (polo Rio Guaribas); Oeiras (polo Vale do Canidé) e Floriano, que representará o polo vale dos Rios Piauí e Itaueiras.

A formação política é a atividade permanente do Instituto Teotônio Vilela, realizada através de múltiplos meios que busca ampliar os espaços de participação da sociedade na política. E através da realização desses seminários é estabelecido o momento adequado à transmissão de informações, apresentação de questionamentos, levantamento de ideias, disseminação de conhecimentos sobre a realidade econômica, social, cultural, ambiental e estrutural do Estado do Piauí.

 

redacao@cidadeverde.com

Juiz indefere pedido de cassação de sete dos 11 vereadores de Bom Jesus

O juiz Heliomar Rios, que responde pela 15ª Zona Eleitoral, proferiu sentença julgando improcedente o pedido de cassação de sete dos 11 vereadores da cidade de Bom Jesus. A Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) foi movida sob alegação de que as coligações proporcionais Juntos para Seguir em Frente e Esperança Popular, que elegeram cinco e dois parlamentares, respectivamente, teriam cometido fraude na cota mínima (30%) de mulheres candidatas no pleito de 2016. A decisão do magistrado é do dia 5 de fevereiro.

A Ação, impetrada pelos suplentes de vereador Wenio Alves, Francisco Batista, Jorge Luiz Pereira e Antonilde Lacerda, solicitava a cassação dos vereadores Nestor Elvas, Raimundo Negreiros, Cosme Clementino, Cizito, Terto, Xavier e Murilo Miranda, seus suplentes e respectivas coligações.

Segundo os impetrantes, as candidaturas de Maria Helena Bonifácio dos Santos, Teresinha Rodrigues dos Santos, Marilza dos Santos Pereira e Jakeline Almeida dos Santos seriam laranjas, “com a finalidade de fraudar/burlar a lei para, disfarçadamente, preencher a cota mínima do sexo feminino”.

Em sua decisão, o juiz Heliomar Rios afirma: “penso que o fato de as candidatas terem obtido votos inexpressivos, ou de não terem realizado propaganda eleitoral, não caracteriza por si só fraude ao processo eleitoral”. “Não é a ausência de gastos eleitorais que caracteriza a candidatura fraudulenta, pois existem formas de buscar a preferência do eleitor sem a realização de despesas, como a campanha corpo a corpo, por exemplo”, complementa.

O magistrado argumenta ainda que “a jurisprudência do TSE tem entendido que a fraude apta a ensejar o ajuizamento da referida ação é aquela ocorrida no processo eleitoral, e que gere reflexos na votação, com potencialidade de interferir no resultado do pleito”. “Não é o que vejo consolidado no caso sob análise”, assevera.

Segundo o advogado Henrique Coelho, que defende os impugnados, o magistrado acatou a tese de que o fato de as candidatas terem atingido uma baixa votação não caracteriza por si só fraude ao processo eleitoral. “A decisão do Dr. Heliomar Rios foi extremamente técnica e justa. Temos que respeitar o resultado das urnas; a Justiça Eleitoral não pode servir de campo de batalha para os inconformados rejeitados pelo voto”, analisa.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Abertas inscrições para processo seletivo da Prefeitura de Bom Jesus para professor e cuidador

Já estão abertas as inscrições para o processo seletivo simplificado promovido pela Prefeitura Municipal de Bom Jesus para o preenchimento de vagas de professor e cuidador. Os interessados devem se dirigir à Secretaria Municipal de Educação (Praça 07 de Setembro, s/n), das 8h às 12h ou das 14h às 17h, até o dia 9 de fevereiro. A aplicação da prova escrita será no dia 23 de fevereiro. O edital pode ser acessado na página eletrônica da Prefeitura: www.bomjesus.pi.gov.br.

O certame visa ao preenchimento de vagas para professor de matemática e cuidador (auxiliares de professores nos anos iniciais), além de cadastro de reserva. De acordo com o Edital 001/2018 da PMBJ, o teste resultará na “contratação temporária e formação de cadastro de reserva de professores e de cuidadores, nas diversas áreas do conhecimento, para atendimento das necessidades temporárias de excepcional interesse público, visando à substituição de professores ausentes do serviço público em caráter não permanente em razão de licenças, férias, licença gestante, afastamento decorrente de enfermidade e etc., durante o exercício de 2018, ou pelo período de 12 meses”.

Estão sendo oferecidas as seguintes vagas: três vagas para professor de matemática, mais três para cadastro de reserva; vagas para cadastro de reserva para professores de português, inglês e educação física (três vagas para cada área); 18 vagas para cuidadores  em ampla ocorrência, além de duas vagas para pessoas com necessidades especiais e outras 10 para cadastro de reserva.

A remuneração seguirá o piso remuneratório dos professores, respectivamente, de R$2.299,07 para 40 horas e de R$ 1.149,53 para 20 horas, conforme se der a substituição. Já a remuneração para os servidores cuidadores será de R$ 954,00 para regime de 40 horas.

O processo seletivo será conduzido pela Secretaria Municipal de Educação, por meio de duas Comissões Especiais do Processo Seletivo, uma Comissão Organizadora e outra Comissão Examinadora, que serão nomeadas por Portaria. Disposições gerais acerca do certame, como requisitos para inscrição, especificações sobre as provas escrita e oral, critérios de seleção e recursos, por exemplo, podem ser  conferidas no Diário dos Municípios de hoje (29).

Fonte: Ascom

Prefeitura encerra Semana Pedagógica 2018 com ciclo de palestras

A Prefeitura Municipal de Bom Jesus encerra, nesta sexta-feira (2) a Semana Pedagógica 2018, que tem como tema “Sala de aula – Que espaço é esse?”, promovendo um ciclo de palestras no campus Cinobelina Elvas, da Universidade Federal do Piauí. O principal palestrante é o filósofo, hipnólogo e parapsicólogo clínico Jorge Luiz Baptistini.

O evento reúne professores, diretores, coordenadores e gestores educacionais da rede municipal de ensino e visa contribuir para que atitudes positiva dominem os espaços de sala de aula contribuindo de forma efetiva para o processo de ensino-aprendizagem.

“A escola é o espaço de conhecer novos amigos, de aprender a conviver com a diversidade cultural, praticar atitudes cívicas, bem como amar o nosso passado e diariamente construir a nossa história. A essência do trabalho educativo se dá na sala de aula, por meio da relação professor-aluno, e é nesse espaço que a proposta da escola se realiza”, afirmou a professora Sidnei Lins, secretaria municipal de Educação.

Palestras
Jorge Luiz Baptistini é filósofo, hipnólogo e parapsicólogo clínico, além de criador do programa de autoajuda e desenvolvimento pessoal “Voo da Águia”. Durante o encontro, o profissional profere as seguintes palestras: “O poder do entusiasmo, motivação e autoestima” e “O poder da palavra e sua influência para o processo do ensino e aprendizagem”.

Fonte: Ascom

Chuva alaga trecho da BR-135 e causa transtornos aos motoristas

  • transtornos9.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos8.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos7.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos6.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos5.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos4.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos3.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos2.jpg Cidadeverde.com
  • transtornos1.jpg Cidadeverde.com

A forte chuva já começa a causar transtornos para motoristas no Sul do Estado. Um trecho da BR-135, entre os municípios de Bom Jesus e Cristino Castro, ficou alagado devido a um riacho que transbordou.

O local não foi interditado pela Polícia Rodoviária Federal, já que os motoristas conseguiam passar em baixa velocidade. O trecho alagado fica no povoado de Melancia, em Bom Jesus. 

 

Prefeitura de Bom Jesus antecipa salário de dezembro

A Prefeitura Municipal de Bom Jesus (a 650 km de Teresina) antecipou o pagamento dos servidores públicos municipais referente ao mês de dezembro. O salário dos servidores da Educação foi disponibilizado em suas contas nesta quinta-feira (28) e o restante da folha de pagamento foi paga no dia 27. No dia 14 de dezembro, a PMBJ já havia antecipado o pagamento da segunda parcela do 13º do funcionalismo municipal.

“Este foi um ano de muita dificuldade em função da crise que o Brasil ainda enfrenta. Algumas prefeituras estão com problemas até mesmo pagar a folha, mas, graças a um esforço de nossa equipe, estamos conseguindo fechar 2017 antecipando o pagamento do salário dos servidores municipais, assim como fizemos com o 13º”, comentou o prefeito Marcos Elvas.

Segundo o gestor, a antecipação da remuneração de dezembro dos servidores terá impacto direto na economia da cidade, além de “reconhecer o valor destes homens e mulheres que tanto contribuem para o desenvolvimento da
cidade e se dedicam a oferecer serviços públicos de excelência aos bonjesuenses todos os dias”.

Marcos Elvas destacou ainda que o ano de 2018 deve também ser de muito arroxo nas contas públicas. “Vamos seguir com nosso compromisso de utilizar os recursos públicos da forma mais responsável possível, sempre trabalhando com base em planejamento estratégico e rigor na gestão fiscal. É assim que temos conseguido manter as contas da Prefeitura em dia, prestar serviços de qualidade e realizar os investimentos que a cidade precisa”, acrescentou.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Prefeitura de Bom Jesus antecipa salário de dezembro

A Prefeitura Municipal de Bom Jesus (a 650 km de Teresina) antecipou o pagamento dos servidores públicos municipais referente ao mês de dezembro. O salário dos servidores da Educação foi disponibilizado em suas contas nesta quinta-feira (28) e o restante da folha de pagamento foi paga no dia 27. No dia 14 de dezembro, a PMBJ já havia antecipado o pagamento da segunda parcela do 13º do funcionalismo municipal.

“Este foi um ano de muita dificuldade em função da crise que o Brasil ainda enfrenta. Algumas prefeituras estão com problemas até mesmo pagar a folha, mas, graças a um esforço de nossa equipe, estamos conseguindo fechar 2017 antecipando o pagamento do salário dos servidores municipais, assim como fizemos com o 13º”, comentou o prefeito Marcos Elvas. 

Segundo o gestor, a antecipação da remuneração de dezembro dos servidores terá impacto direto na economia da cidade, além de “reconhecer o valor destes homens e mulheres que tanto contribuem para o desenvolvimento da
cidade e se dedicam a oferecer serviços públicos de excelência aos bonjesuenses todos os dias”.

Marcos Elvas destacou ainda que o ano de 2018 deve também ser de muito arroxo nas contas públicas. “Vamos seguir com nosso compromisso de utilizar os recursos públicos da forma mais responsável possível, sempre trabalhando com base em planejamento estratégico e rigor na gestão fiscal. É assim que temos conseguido manter as contas da Prefeitura em dia, prestar serviços de qualidade e realizar os investimentos que a cidade precisa”, acrescentou.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Marcos Elvas anuncia antecipação do 13º salário dos servidores municipais

O prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas, anunciou, nesta quarta-feira (13), a antecipação da segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos municipais. O pagamento, que deveria ser feito em 20 de dezembro, será efetuado no dia 14, véspera do aniversário da cidade, para todos os servidores ativos e comissionados. O anúncio foi feito durante reunião com o Sindicato dos Servidores Municipais de Bom Jesus, vereadores da base e secretários municipais. 

“Graças ao zelo e ao esforço constantes de nossa equipe econômica, conseguimos dar este presente aos servidores municipais na véspera do aniversário de nossa cidade. Mais uma vez, reconhecemos o valor destes homens e mulheres que tanto contribuem para o desenvolvimento de nossa cidade e se dedicam a oferecer serviços públicos de excelência aos bonjesuenses todos os dias”, disse o prefeito. Marcos Elvas destacou ainda que a antecipação da segunda parcela do 13º terá impacto direto na economia local. 

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Bom Jesus, Renato Baião, a antecipação da segunda parcela do 13º salário é muito bem-vinda para os servidores, assim como a implantação das mudanças de classes e nível do Plano de Cargos e Salários do funcionalismo municipal no mês de fevereiro de 2018, compromisso assumido pelo prefeito Marcos Elvas durante a reunião. 

A primeira parcela do 13º salário é depositado na conta dos servidores municipais no mês de seu aniversário.

Fonte: Ascom

Bom Jesus registra forte chuva e sofre estragos; vídeo

Uma forte chuva que caiu sobre a cidade de Bom Jesus, distante 627 quilômetros de Teresina, causou estragos no município. O prefeito Marcos Elvas, em entrevista à rádio Cidade Verde, disse que nessa segunda-feira (11) choveu 80 milímetros em pouco mais de 1 hora.  

Para se ter ideia do volume da chuva, uma passarela que tem 8 metros de altura entre um córrego ficou apenas a 1,5m distante da água. A precipitação causou alagamentos, derrubou muro do cemitério e invadiu casas. Ainda não há uma avaliação dos prejuízos. 

“Foi uma chuva atípica para causar estrago em qualquer lugar. Tivemos estragos de forma generalizada nas ruas pavimentadas e não pavimentadas”, disse o prefeito Marcos Elvas, que ressalta que não há desabrigados na cidade. O gestor afirma que desde ontem está dando assistência às famílias que sofreram com a chuva. 

O prefeito conta que o estrago não foi pior porque a prefeitura realizou recentemente trabalho de limpeza dos bueiros da cidade. Marcos Alves pede que a população redobre os cuidados quanto à conscientização sobre jogar lixo nas ruas e  construir casas próximas a córregos. 

Na manhã desta terça-feira (12) o tempo na cidade estava nublado e a previsão é de novas chuvas. 

 


Com informações da Rádio Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com 

TJ-PI mantém decisão que suspendeu reajuste de salários do prefeito e vereadores de Bom Jesus

Foto: Portal B1

Aprovação do reajuste foi motivo de protesto no ano passado

A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) decidiu manter a decisão que suspendeu o reajuste salarial do prefeito, vice, secretários municipais e vereadores de Bom Jesus do Piauí, 632 quilômetros ao Sul de Teresina (PI). O aumento havia sido aprovado pelos parlamentares no ano passado, em meio a protestos.

Na época, um projeto de decreto legislativo aumentou o salário dos vereadores em 87,5%, passando de R$ 5,6 mil para R$ 10,5 mil. Já o vencimento do presidente da Mesa Diretora saltou de R$ 8,4 mil para R$ 15,75 mil. 

Outro projeto de decreto legislativo reajustou também os salários de do prefeito (de R$ 18,6 mil para R$ 24,5 mil), do vice (de R$ 9,3 mil para R$ 12,25 mil) e dos secretários municipais (de R$ 5 mil para R$ 7 mil). 

Ainda no ano passado, o Ministério Público acionou a Justiça em busca de liminar para suspender o reajuste, considerando que a Constituição fixaria o teto salarial dos governantes de Bom Jesus em no máximo R$ 7.596,60, o equivalente a 30% do subsídio de um deputado estadual do Piauí. 

Em novembro de 2016, o juiz Heliomar Rios Ferreira, da vara única da comarca de Bom Jesus, concedeu liminar suspendendo os dois decretos legislativos. O magistrado considerou também o argumento de que o reajuste foi aprovado fora do prazo legal. "É um verdadeiro carnaval feito com o dinheiro do povo em evidente prejuízo ao erário", disse, na decisão.  

A Câmara de Bom Jesus recorreu para derrubar a liminar. No dia 23 de novembro, a Câmara de Direito Público julgou o caso. O relator do processo, desembargador Fernando Carvalho Mendes, votou pela manutenção da decisão do juiz Heliomar Rios Ferreira. Seu voto foi seguido pelo desembargador Raimundo Eufrásio e pelo juiz Antônio Soares dos Santos. A nova decisão foi publicada no Diário da Justiça desta segunda-feira (11). 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Posts anteriores