Cidadeverde.com

UFPI promove campanha pelo uso consciente de energia elétrica

Crédito: SCS - UFPI

A Universidade Federal do Piauí lançou na semana passada a campanha “UFPI, Consumo Consciente: Acenda essa ideia!”, que consiste na divulgação de materiais educativos no site, redes sociais e espaços da Instituição para o uso sustentável da energia elétrica. A proposta é engajar toda a comunidade acadêmica a mudar rotinas e ter novos hábitos para evitar o desperdício de energia elétrica. A campanha é desenvolvida pela Superintendência de Comunicação (SCS/UFPI), em parceria com a Comissão Interna de Conservação de Energia (CICE/UFPI), Pró-Reitorias de Planejamento (PROPLAN) e Administração (PRAD) e a Prefeitura Universitária (PREUNI).

A Presidente da CICE, Cristiana Leite, explica que a campanha irá focar no redesenho de hábitos, na adoção também nos ambientes da Universidade de preocupações simples que muitas vezes já se tem em casa. "Não se trata de racionamento, mas sim de garantir boa produtividade nas atividades da UFPI, com menor consumo elétrico", explica a presidente. A CICE foi criada em 2016 por um grupo de professores do Departamento de Engenharia Elétrica e realiza atividades, como análises da tarifação de energia, da redução de reativos, levantamentos de dados de iluminação e refrigeração. Além disso, há o desenvolvimento e acompanhamento de projetos na instituição, como a instalação dos painéis solares do Departamento de Engenharia Elétrica. A intenção é que a parceria com os outros setores da UFPI seja cada vez mais intensificada.

O Pró-Reitor da PROPLAN, Luís Carlos Sales, enfatiza que a campanha chama a comunidade para adoção permanente de rotinas mais sustentáveis no uso da energia. Para ele, economizar energia deve fazer parte do cotidiano de cada cidadão e, portanto, deve ser incorporado na cultura coletiva. "O uso racional e consciente de energia é uma prática que precisa de muitos seguidores, tanto em momentos de crise como de abundância financeira. Devemos acender esta ideia e desligar tudo que for desnecessário", argumenta o Pró-reitor. A PREUNI também tem tomado providências para contribuir com uso racional de energia elétrica. As lâmpadas incadescentes e fluorescentes estão sendo gradualmente substituídas por lâmpadas de LED, modelo que além de economizar de 50% a 80% em relação aos tradicionais, também implica menor emissão de carbono. Em toda a Universidade, à medida que surgem demandas, ocorre a substituição pelos modelos mais econômicos.

Algumas orientações presentes na campanha versam sobre a importância de desligar equipamentos quando não estiverem em uso e aproveitar ao máximo a iluminação natural. Para ilustrar, é dado o exemplo dos monitores: eles economizam cerca de 70% de energia quando estão desligados. Além disso, a temperatura ideal dos aparelhos de ar condicionado é de 24°C, tanto para o bom funcionamento do eletrodoméstico, quanto para evitar gastos excessivos com a energia. A CICE organizará reuniões com centros e coordenações para orientação dos alunos, funcionários e servidores no uso da energia nos espaços comuns. 

Fonte: SCS - UFPI