Cidadeverde.com

Brasil tem segunda energia mais cara do mundo

Crédito: karolina grabowska

O Brasil tem a segunda conta de luz mais cara do mundo, ficando atrás apenas da Colômbia. A constatação foi feita a partir de um estudo realizado pela plataforma CupomValido.com.br com dados da Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace) sobre valores da energia elétrica. O custo da energia nos últimos cinco anos aumentou 47% no Brasil, contribuindo para a posição alta no ranking.

Os dados revelam que o custo por 200 kWh de energia elétrica no Brasil é da ordem de 34,2 dólares, ficando atrás apenas da Colômbia que paga 50,4 dólares pela mesmas quantidade de energia. A justificativa para o preço alto no Brasil, segundo o estudo, são os impostos, taxas, furtos e ineficiências, que ocupam a parcela de 46,5% da conta de energia, os outros 53,5% seriam apenas para a distribuição da energia. Somente com furtos estipula-se que as perdas somarão R$ 5,4 bilhões apenas em 2022.

Na outra ponta da régua, a Noruega lidera o ranking de países com a energia elétrica mais barata, seguida por Luxemburgo e Estados Unidos. O top 10 conta com seis países europeus (Noruega, Luxemburgo, Suíça, Irlanda, Holanda e Suécia), dois países norte-americanos (Estados Unidos e Canadá), um asiático (Coréia do Sul) e um da Oceania (Austrália), ou seja, nenhum país da América Latina e ou da África. Na Noruega e nos EUA, se paga 2 e 3,8 dólares, respectivamente por 200 kWh de energia elétrica.

Fonte: Correio Braziliense.