Cidadeverde.com
Geral

Em depoimento, mulher relata que intenção de delegado era matá-la, diz Baretta

Imprimir

Foto: Graciane Sousa/Cidadeverde.com

Delegado Francisco Costa, o Baretta, coordenador do DHPP.

A mulher agredida pelo delegado da Polícia Civil do Piauí, Anchieta Pontes, contou detalhes de como ocorreu a violência física e psicológica. Em depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ela revelou que a intenção do suspeito era matá-la. Ela foi ferida no braço e rosto, levando um chute na coxa que a fez desmaiar

O caso ocorreu no último dia (21). A vítima estava no próprio bar onde também residia quando foi agredida com um casco de cerveja quebrado.

"Ela conta que quando o avistou ainda pediu a funcionária para fechar a porta, mas não deu tempo. Ela correu pro quarto e ele foi atrás. Então, quebrou uma garrafa e a atacou no rosto, mas ela acabou botando a mão e foi ferida no braço. Os cacos da garrafa a deixaram ferida no rosto. Depois sofreu um chute na coxa e desmaiou. Nesse momento, ele foi embora, possivelmente, acreditando que ela tinha morrido pois havia muito sangue",  disse o coordenador do DHPP, delegado Francisco Costa, o Baretta.  

À polícia, a mulher também revelou que as agressões contra a vítima teriam ocorrido outras vezes. Em uma delas, a mulher teria tido uma arma de fogo apontada para o rosto. 

De acordo com Baretta, em depoimento a mulher disse ainda que ele tinha ciúmes até dos clientes. "Os dois mantiveram um colóquio amoroso por quatro anos e estavam separados desde setembro em razão do comportamento agressivo", disse Baretta. 

Anchieta Pontes está desaparecido desde o dia do crime. 

"Se cometeu um crime tem que ser localizado e preso. Ele é reincidente e já havia ofendido outra mulher há cerca de um mês quando foi autuado e liberado. O mesmo pau que dá em Chico tem que dar em Francisco. Não importa se é um delegado, um PM, um inspetor de quarteirão ou guarda", concluiu o delegado Baretta.

O caso está sendo investigado pelo Núcleo de Feminicídio do DHPP. 

 

Flash Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir