Cidadeverde.com
Esporte

Conmebol define logística da final; Santos e Palmeiras terão 300 convidados

Imprimir

A Conmebol definiu a logística da final da Copa Libertadores entre Santos e Palmeiras, marcada para o dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. A entidade aumentou o número de membros nas delegações das equipes e autorizou que cada clube ainda leve 150 convidados para o jogo - 300 ao todo.

A Libertadores começou com a Conmebol limitando 50 pessoas por delegação, mas a entidade liberou um pequeno aumento durante o torneio. Para a final, este número subiu para 90 por equipe, além dos convidados. Em 2019, ainda sem a pandemia do novo coronavírus, o Flamengo levou a decisão contra o River Plate (ARG), em Lima (PER), pouco mais de 80 pessoas.

PATROCINADORES

Além de delegações e convidados de clubes, a Conmebol também viabilizará a presença de patrocinadores no Maracanã. Ainda em fase de debate do número de convites para cada empresa parceira, a expectativa é de um número próximo daquele estabelecido para os clubes.

Palmeiras e Santos já foram comunicados da logística para a semana. O Verdão ficará em um hotel próximo ao Rio Centro, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro, e treinará no Engenhão. Já o Santos será hospedado na orla da Barra da Tijuca, também na Zona Oeste, e realizará suas atividades no CT do Fluminense.

As duas equipes têm partidas marcadas para o dia 27, pelo Campeonato Brasileiro: o Santos visita o Atlético-MG, no Mineirão, e se programa para embarcar rumo ao Rio de Janeiro no mesmo dia; já o Palmeiras recebe o Vasco, no Allianz Parque, e deve embarcar rumo à capital fluminense somente na manhã do dia 28.

O campeão da Libertadores terá de se apresentar no Qatar para a disputa do Mundial de Clubes no dia 5 de fevereiro. Já está definido que a viagem para o time que for disputar o torneio acontecerá no dia 3. A Fifa se comprometeu a bancar voos charters para a volta da delegação ao país.

PEDRO IVO ALMEIDA E THIAGO FERRI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir