Cidadeverde.com
Geral

Secretário suspende atividades em escola após denúncia de estupro

Imprimir
  • escola_1.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_2.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_3.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_4.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola5.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_6.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_7.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_8.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • escola_9.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, anunciou a suspensão das aulas na escola Municipal Monteiro Lobato, na zona Sul de Teresina, após a denúncia de um caso de estupro que teria sido cometido por um professor contra um aluno de 9 anos.

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (25), durante reunião com a presença de pais, representantes da Secretaria Municipal de Educação e membros do Conselho Tutelar. 

Em sua fala, o secretário disse que todas as medidas serão adotadas para apurar o caso e solucionar o problema da forma mais rápida possível. Entre as medidas anunciadas, está a suspensão das aulas por uma semana. 

“A partir de amanhã vamos ter reunião com os professores e o conselho escolar. Nesta reunião, o conselho tem muita a dizer e a partir disso tomaremos todas as ações”, destacou Nouga. 

Uma outra ação que foi apresentada pelo secretário durante a reunião foi a possibilidade de trocar a equipe pedagógica da escola após muitas mães acusarem a equipe de omissão no caso envolvendo a criança. 

“Se a consequência direta for substituir a coordenação pedagógica, nós faremos dentro de um diálogo que mostra que a escola precisa crescer. Definitivamente, isso é uma situação que não agrada a absolutamente ninguém. Precisamos encontrar a melhor solução”, acrescentou Cardoso. 

O secretário pontuou também que devido ao ocorrido, a Semec e a escola precisarão reconstruir a confiança com os pais dos alunos. 

“Não queremos, de maneira nenhuma, pai ou mãe de aluno mandando seu filho para a escola sentindo a insegurança que vocês sentem hoje”, completou o secretário. 

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O diretor da escola, Francisco Rodrigues, conversou com a reportagem e afirmou que as aulas estarão suspensas até que uma comissão que acompanhará o caso seja formada. 

"Será criada uma comissão com o conselho, professores e algumas mães da comunidade. Então, a gente decidirá se volta de uma forma remota ou se fica de modo presencial", completou o direitor da unidade escolar.  

O caso 

A mãe de uma criança de nove anos denunciou, na última quarta-feira (20), um professor de uma escola da rede municipal localizada no bairro Angelim, zona Sul de Teresina, após o filho revelar à irmã ter sofrido estupro e violência física nas dependências da unidade escolar.  

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Após a denúncia, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) informou, através de nota, que afastou o professor e que tomou todas as providências cabíveis.

 

Flash Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir