Cidadeverde.com

Oeiras participará de encontro internacional de Educação no Rio de Janeiro

Foto: Cláudia Brandão/Revista Cidade Verde

Tiana Tapety, secretária de Educação de Oeiras

O município de Oeiras foi convidado a debater os desafios para o futuro da educação no país, no Encontro Internacional Educação 360, que acontece entre os dias 16 e 17 deste mês, no Rio de Janeiro. No evento, organizado pelos jornais O Globo e Extra, com apoio do Unicef e Unesco, a secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, participará do Master Classe ‘Eu venho lá do Sertão’, uma conferência que discutirá as razões do alto desempenho em avaliações nacionais e olimpíadas escolares de algumas cidades brasileiras, afastadas dos grandes centros, como é o caso de Oeiras.

No Educação 360, educadores, pesquisadores, gestores de ensino, escritores, influenciadores digitais e ativistas brasileiros e estrangeiros apresentarão suas perspectivas sobre medidas que podem contribuir para a formação de alunos. O objetivo é fomentar o intercâmbio entre agentes e iniciativas transformadoras em prol da educação no mundo.

Este ano, o evento chega à sexta edição com nomes como os escritores Frei Betto, Nélida Piñon e Eduardo Bueno, além do cientista Carlos Nobre, entre muitos outros. O economista americano Martin Carnoy, professor de Stanford, será um dos principais participantes, assim como Lindy Amato, diretora da Federação de Professores de Ontário, no Canadá. A entidade que ela dirige responde por cerca de 160 mil professores da rede local, conhecida pela qualidade de seu ensino.

O encontro também contará com a participação do educador Henry Readhead, que vai falar sobre as lições da Escola Summerhill, do Reino Unido, instituição pioneira do movimento de escolas democráticas, que defendem o protagonismo do aluno em sua formação. O papel da tecnologia digital na formação das novas gerações também será abordado no evento, que se encerra com um painel de “Edutubers” e uma palestra do youtuber Felipe Neto, que falará sobre o tema “Educação e criatividade”.

 

Da redação
[email protected]