Cidadeverde.com

Polícia investiga empresa de locação de veículos e cumpre nove mandados no Piauí

Foto: divulgação PC-PI

A Delegacia de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Deccor) cumpre nove mandados de busca e apreensão durante operação Liderança deflagrada nesta quinta-feira (04), na cidade de Paulistana, no interior do Piauí. Segundo o delegado Ferdinando Araújo, o alvo da ação policial é uma empresa local que atua no transporte escolar e locação de veículos que, por determinação judicial, teve R$ 15 milhões em bens bloqueados.

"No trabalho, os investigadores descobriram que, mesmo sem possuir patrimônio, estrutura e capacidade técnica-operacional, a empresa sempre foi a única vencedora das sucessivas licitações com o município investigado ao longo dos últimos anos, sempre com o objetivo de locar veículos para a administração pública, em especial para o transporte escolar", informou a Polícia Civil do Piauí. 

O delegado Ferdinando Araújo explica que a empresa possuía apenas três veículos. Os mandados estão sendo cumpridos na sede da empresa e em endereços ligados à comissão de licitação, secretaria de Educação, servidores públicos e empresários.

"Pelo apurado, só no ano de 2018, as contratações apresentaram indícios de sobrepreços da ordem de mais de 40%, o que apontam indícios de desvio/expropriação de recursos públicos", informou a nota. 

Foto: divulgação PC-PI


 
Os envolvidos são investigados por associação criminosa, peculato, fraude à licitação, entre outros.Participam da operação equipes da Decccor, GPE, GPI, Depre, Core, DRCI, delegacia de Picos, delegacia de Paulistana e auditores do Ttribunal de Contas do Estado.

O título da operação faz alusão ao nome da empresa e ao fato dela ter sido a única vencedora das licitações do referido município com o objetivo de locar veículos.

O Cidadeverde.com tenta contato com a empresa alvo da investigação. 


Graciane Sousa
[email protected]