Cidadeverde.com

Juiz proíbe atos de campanha em Piracuruca e mais dois municípios

Fotos: João Henrique/Noticiaovivo

Imagem aérea da cidade de Piracuruca

O juiz Stefan Oliveira Ladislau, da comarca de Piracuruca, proibiu atos de campanha  eleitoral como comício, caminhada, carreata, bandeiraço e outras atividades em três cidades da região como medida para evitar aglomerações e a propagação da covid-19. A decisão atinge os municípios de Piracuruca, São José do Divino e São João da Fronteira. 

Veja decisão aqui

A decisão do juiz já é uma das primeiras repercussões da recomendação expedida ontem (29) pelo procurador regional eleitoral do Piauí, Leonardo Cavalcante. O magistrado acatou integralmente a orientação do procurador.

Veja as proibições do magistrado:

Que todos os partidos políticos e candidatos se abstenham de promover  qualquer ato de campanha que gerem aglomerações, como comícios, carreatas, passearas, caminhadas, bandeiraços, reuniões e eventos em geral relacionados;

Candidato não seja acompanhado por mais de 5 apoiadores em eventos;

As visitas domiciliares ocorram sem a entrada dos candidatos e apoiadores no domicílio.

Todos deverão obrigatoriamente usar máscaras e álcool em gel;

Candidatos não deverão permitir que as visitas se tornem "caminhadas políticas", não devem ser acompanhados por mais de 5 apoiadores.  

 

O juiz proibiu a utilização de fogos de artifícios nos três municípios, alegando risco de incêndios e perturbação sonora para crianças e idosos. 

Foto da cidade de São José do Divino


Em São José do Divino, o prefeito Antônio Nonato Lima Gomes, conhecido como Antonio Felicia (PT), 57 anos, foi a primeira vítima por covid-19 no Piauí. 

 

Flash Yala Sena
[email protected]