Cidadeverde.com

Agentes de Saúde da UBS cumprem meta da combate à dengue em Piracuruca

A Campanha de Combate à Dengue avança por todas as regiões de Piracuruca. Nessa sexta-feira (18), os Agentes Comunitários de Saúde que atuam na Unidade Básica de Saúde do bairro Três Lagoas completaram todas as inspeções sanitárias sob a responsabilidade da área.
 
O Assentamento Saco Monte Belo foi a localidade visitada pelos Agentes Comunitários de Saúde. Os moradores receberam orientações sobre como combater o mosquito Aedes aegypti, assim como os focos de larvas.
 
A dona de casa Lindinalva é moradora do Assentamento Saco Monte Belo e afirma que a visita dos Agentes Comunitários é importante para que ela aprenda a como contribuir com a Campanha de Combate à Dengue. “A agente de saúde vistoriou o meu quintal e me explicou o que fazer para não ter criadouro do mosquito aqui na minha casa”, afirma a moradora.
 
Tatiana Silva Coutinho é a Agente Comunitária de Saúde responsável pela área visitada. “Os moradores compreenderam as nossas orientações e todos estão mobilizados no combate ao mosquito da dengue”, comenta Tatiana Silva.
 
A equipe é coordenada pela enfermeira Keuly Naiara Fontenele. “Os moradores de todas as regiões visitadas pela UBS Três Lagoas colaboraram com a campanha e compreenderam que o cuidado com a limpeza dos quintais é fundamental para evitar os criadouros do mosquito Aedes aegypti. Conseguimos formar multiplicadores da campanha em toda a região do bairro Três Lagoas”, encerra.
 
Valderi Machado, secretário municipal de Saúde, explica que as inspeções sanitárias continuam incluídas no trabalho diário dos Agentes Comunitários de Saúde. “A estratégia da UBS Três Lagoas foi cumprida com êxito. A cada sexta-feira, os agentes visitaram as comunidades da zona urbana e da zona rural e cobriram toda a área. Agora, o trabalho é de monitoramento e conscientização junto aos moradores. Os piracuruquenses adeririam à campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti e estão contribuindo com o trabalho dos profissionais da saúde no município”, encerra Valderi Machado.