Cidadeverde.com

Ex-prefeito seria o condutor do carro que matou estudante na PI-110

  • Capa.jpg Piracurucaaovivo
  • IMG_0765.JPG Piracurucaaovivo
  • peças.jpg Piracurucaaovivo
  • Bruno.jpg Piracurucaaovivo

O ex-prefeito de Piracuruca Raimundo Vieira seria o condutor do veículo envolvido no acidente que matou a Ana Karuline, 15 anos, na noite do último domingo (10), na PI-110, entre as cidades de Piracuruca e São João da Fronteira. Na manhã de ontem (12), o ex-gestor compareceu espontaneamente à delegacia de Piracuruca com um advogado, mas só deve depor nesta quinta-feira (14). A estudante era última ocupante da moto e andava no veículo com seu noivo e o irmão dele que ficaram feridos.

"Estamos colhendo depoimentos de testemunhas, o que até agora apuramos é que foi uma conduta culposa e não houve dolo. Houve omissão de socorro, mas tudo isso está sendo verifacado", disse o titular da Delegacia de Piracuruca, Ricardo Oliveira.

Em entrevista a um site local, o ex-prefeito teria desabafado: "Niguém faz isso porque quer, foi uma fatalidade. Estou transtornado". O ex-gestor teria dito ainda que foi surpreendido pelo motociclista e não teve como desviar para evitar o acidente. Ele teria fugido do local com medo de um possível linchamento.

Ao comparacer à delegacia, ele foi em um outro veículo, porque o carro envolvido no acidente, supostamente, estaria com defeito. O emblema do carro que colidiu na moto, bem como o limpador de para-brisa foram recolhidos no local da colisão.

O delegado acrecenta ainda que o teste de bafômetro não foi realizado porque a PI-110 não é de jurisprudência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e também porque o condutor não havia sido localizado.

"Ele se colocou à disposição, mas ontem devido a vários flagrantes de furto, tive que transferir a oitiva dele para amanhã", reitera o delegado.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Piracurucaaovivo