Cidadeverde.com

Evento marca encerramento do ano letivo de escola de Piracuruca

 

Congregando atividades artístico-culturais, nesse sábado (26), a Unidade Escolar Hermínio Conde, em Piracuruca, encerrou o ano letivo dos alunos do 2º ao 4º ano do Ensino Fundamental. Estudantes, familiares e professores lotaram as dependências da escola para prestigiar as apresentações. Na oportunidade, também foi realizado sorteio de brindes.

Em ritmo alegria, fraternidade e descontração o público presente acompanhou atento as atividades teatrais e musicais desenvolvidas pelos alunos. Durante o evento, reconhecendo o desempenho dos estudantes que se destacaram em 2016, a direção da escola entregou o “Prêmio Aluno Nota 10”. Além das notas, foram levados em considerados critérios como frequência, disciplina e engajamento escolar.

Com mais de 400 alunos matriculados, a direção da Unidade Escolar Hermínio Conde destaca o estudo como a chave do sucesso, juntamente com pais dedicados e professores valorizados. Segundo a coordenadora da escola, Maria de Jesus, o reconhecimento estimula os jovens a obter um melhor desempenho escolar.

“Inúmeras foram as conquistas ao longo deste ano. Agradeço aos nossos servidores e professores pelos resultados alcançados, sobretudo, no índice de aprovações. Fico muito feliz por ver o quanto nossos alunos cresceram e de como estão avançando na direção de uma boa realização em suas vidas. No próximo dia 1º realizaremos outro evento, desta vez para finalizar as atividades dos alunos do 5º ano”, ressalta. 

Possibilitando uma modernização na prática educacional, envolvendo principalmente os agentes que conduzem o ambiente escolar, a escola tem transformando o ensino em parte integrante ou principal na motivação dos alunos. 

“Hoje comemoramos os resultados, fruto da dedicação e empenho de todos os envolvidos para a realização de nosso projeto educacional. Agradeço imensamente à Prefeitura pelo apoio nas iniciativas e atividades que desenvolvemos e, em especial, a nossa equipe técnico-pedagógica na realização do trabalho”, finaliza Maria Jesus.


Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com