Cidadeverde.com

Mãe do garoto achado em cela pode ser indiciada por três crimes

 

A mãe do garoto de 13 anos que foi deixado na cela de uma unidade prisional no Piauí deve ser indiciada por três crimes. O indiciamento ocorre mesmo após decisão judicial que negou a prisão de Sebastiana Rodrigues Gomes, 48 anos, na semana passada. 

O delegado Jarbas Lima, titular do 14º Distrito Policial, explica que a mulher pode responder por abandono de incapaz, submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou constrangimento e o crime de perigo a vida ou saúde de outrem. 

"Embora não tenha sido presa e acredito que também não será, ela vai responder, basicamente, pelos mesmos crimes do seu companheiro, que é pai da criança. A juíza não concedeu a prisão preventiva da mãe fundamentando que ela tem bons antecedentes, trabalha, tem residência fixa e não quis que o menor ficasse na cela. Embora, no meu entendimento, a mãe tenha sido omissa", disse o delegado que investiga o caso. 

Na semana passada, Gilmar Francisco Gomes, 48 anos, pai do garoto, teve a prisão preventiva decretada. Já detento José Ribamar Pereira Lima, que chegou a esconder o menino debaixo de sua cama na cela, saiu do semiaberto e voltou para o regime fechado.

"O pai foi preso porque ele obrigou a criança a ficar na cela. Além disso, tanto ele como o detento já respondem por estupro de vulnerável. Eles foram presos pela atitude em si e por terem antecedentes criminais", acrescenta Lima. 

O delegado ressalta que os irmãos do garoto serão ouvidos nos próximos dias. 

"Eles serão ouvidos para que possamos confirmar se alguma das crianças foram estupradas, para nos resguardar, bem como avaliar a questão dos presentes que eles teriam recebido, saber a frequência da ida deles a Major César e se também dormiram por lá", finaliza Jarbas Lima

O inquérito policial será finalizado ainda este mês. 

Matérias relacionadas:

Pai do garoto achado na Major César e o preso podem ir para a mesma penitenciária
Governador reconhece que garoto em cela é grave, mas mantém Daniel na Sejus
Comissão de promotores vai à Major César e constata falhas na fiscalização
Delegado investiga se irmãos do garoto deixado em cela foram abusados
Juíza decreta prisão do pai do garoto encontrado em cela da Major César
Garoto encontrado em cela ganhava chinelo e biscoito do estuprador
Presídios terão novas regras após garoto ser encontrado em cela na Major César
"Não há fiscalização alguma após às 17h", diz promotor sobre Major César
Deputados na Alepi pedem afastamento de Daniel Oliveira da Sejus

Caso Major César: juíza afasta adolescente dos pais e o manda para abrigo

Estuprador ajuda família de menino deixado com ele em cela na Major César

Promotora defende afastamento de agentes da Major César; Sinpoljuspi reage

Delegado investiga se garoto deixado em presídio pode ter sido abusado

Polícia Civil abre inquérito para investigar caso de criança encontrada em presídio

Garoto de 13 anos é encontrado dentro de cela na penitenciária Major César

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com