Cidadeverde.com

Campo Maior: Centro Covid é referência no diagnóstico do coronavírus no Piauí

Foto: ascom

O Centro Covid de Campo Maior tem se destacado como uma das unidades de saúde mais atuantes no combate à Covid-19 em todo o Piauí. Referência no diagnóstico e no tratamento da doença, o Centro Covid tem sido procurado para a realização de testes, busca por medicamentos, máscaras e informações sobre vacinação, além de dúvidas em geral da população sobre a doença.

“As equipes de enfrentamento ao Covid estão atuando de forma intensiva para ajudar a promover o diagnóstico e o tratamento acessível para todos. A unidade disponibiliza dois tipos de teste: o teste rápido e o Swab. Quando a gente recebe os resultados, entramos em contato com os pacientes e se der positivo ele volta à unidade para fazer o tratamento”, destacou o enfermeiro, Juliano Sales.

De acordo com a coordenadora do Centro Covid, Dandara Galvão, a procura por testes tem aumentado significativamente nos últimos dias: “Nestes últimos dias a demanda tem aumentado de forma significativa aqui na nossa cidade. O que a gente observa é que os pacientes já vem ansiosos, com medo, pela perda dos entes queridos, o aumento dos casos, a falta de leitos nos hospitais. Tentamos passar todas as informações para que não haja dúvidas”, disse.

Ainda segundo a coordenadora, a consciência e a responsabilidade são peças fundamentais para evitar o aumento dos casos: “Entendemos que já estamos esgotados depois de um ano de batalha, mas precisamos aceitar essas mudanças para o bem da população. É preciso ter consciência e responsabilidade frente ao coronavírus, por isso, nunca é demais pedir que usem máscaras e mantenham as medidas de higienização e de isolamento social”, pediu.

Para a secretária de Saúde, Dorilene Vidal, o combate à pandemia depende, antes de qualquer coisa, da própria população: “A Prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria de Saúde, tem a estrutura adequada e profissionais qualificados para intermediar o enfrentamento à Covid, mas o que nós queremos é que ninguém precise destes serviços. Para isso, é necessário continuar intensificando medidas de higiene e evitar as aglomerações”, finalizou.

Da Redação
[email protected]cidadeverde.com