Cidadeverde.com
Geral

Menor é apreendido e confessa participação em morte de comerciante

Imprimir

Um adolescente de 17 anos foi apreendido suspeito de participação no latrocínio (roubo seguido de morte) do comerciante Adroaldo Barbosa Neto, 48 anos, assassinado na tarde de Natal. De acordo com o coordenador do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa  (DHPP), Francisco Costa, o Baretta, o menor de idade confessou que atirou e que havia sido convidado pelos comparsas para fazer "paradas". 

"O adolescente conta que foi convidado pelos outros dois para fazer assaltos e que sabiam da arma. Primeiro, roubaram um carro e estavam à procura de mais vítimas quando viram a mulher do comerciante chegando em casa. Ele diz que ela saiu correndo e fechou o portão, que mandaram abrir, mas o comerciante apareceu na sacada atirando e ele atirou de volta", explica Baretta. 

O adolescente conta que atirou de dentro do veículo da vítima. Contudo, a versão dele ainda será confirmada.

"Independente dele ter atirado ou qualquer um deles, todos vão responder pelo roubo seguido de morte, pois era previsível que uma morte ocorresse nestas circunstâncias. Os outros dois já estão identificados e serão presos", completa o delegado. 

Com o adolescente foi encontrado revólver e um simulacro de pistola. 

"Ele foi autuado em flagrante delito por crime análogo a roubo seguido de morte e encaminhado a delegacia do menor. Agora o caso está com o juiz da Infância e Juventude", finaliza o coordenador do DHPP. 

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir