Cidadeverde.com

Vamos desatar os nós, diz prefeita Jove Oliveira sobre Piripiri

A prefeita de Piripiri, Jove Oliveira, revelou nesta sexta-feira (15) que teve dificuldade em fazer a transição de governo com a gestão anterior. Primeira mulher eleita para comandar a cidade, a gestora chegou a dizer que foi boicotada.

“Tivemos uma grande dificuldade na transição. Não tivemos acesso ao que tínhamos por direito. Foi uma transição nervosa e complicada. Sempre boicotavam e cansavam a equipe. Vencemos essa etapa e estamos na prefeitura de fato e direito”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

Entre os principais problemas encontrados nos primeiros dias, a suspensão na coleta de lixo da cidade.

“Conhecíamos a realidade de fora. Quando assumimos tínhamos o desafio do lixo. Após a derrota, a gestão paralisou 80% a coleta. A cidade ficou apodrecida. Estamos nos apropriando de tudo”, declarou.

Dificuldades financeiras

A prefeita revelou ainda que a cidade passa por problemas financeiros. “Na terça recebemos a visita da Equatorial pra cortar a energia do centro administrativo. Estamos conversando para fazer um reparcelamento. Do que recebemos do FPM só ficamos com 128 mil reais. Dia 20 estaremos com as contas bloqueadas. Vamos conseguir desatar os nós”, afirmou.

Foto: Cidadeverde.com

Jove garantiu que trabalhará para fazer a melhor gestão de Piripiri. “Piripiri não merece isso. Gestores poderiam ter deixado a coisa mais ou menos ajeitada. Não quero entrar para a história como a primeira mulher eleita prefeita. Queremos tornar a gestão a melhor da história. São dias difíceis” finalizou.

Hérlon Moraes
[email protected]