Cidadeverde.com

Projeto realiza levantamento da saúde ocular da população de Corrente

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em parceria com a Prefeitura de Corrente, deu início nesta segunda-feira (29) ao Projeto Ação Popular Piauí. O principal objetivo consiste em realizar um levantamento da saúde ocular dos moradores do município para posterior realização de um mutirão de cirurgia.
 
A ação funciona no sistema de Parceria Público Privada (PPP), conforme explica Liscel Anderson, responsável pelo projeto. “A Sesapi tomou essa iniciativa porque identificou que os municípios têm grande dificuldade em saber a real situação da saúde ocular dos seus munícipes. A partir disso foi criada a Ação Popular, através dessa parceria, onde será feito todo o levantamento para saber o que se tem de casos de catarata, que é o foco principal, casos de pterígio, glaucoma e olho diabético”, informou Liscel.
 
Ele ressalta ainda que o Projeto Ação Popular Piauí também tem por objetivo coibir a ação de ONGs que realizam esse tipo de trabalho de forma irregular. “Nós identificamos que algumas ONGs utilizam profissionais desqualificados e fazem uma verdadeira chacina, enganando as pessoas, receitando óculos sem qualquer tipo de critério e isso nos incomodava muito, este foi outro motivo pelo qual recebemos apoio da Sesapi para a realização do projeto”, pontuou.
 
Nas consultas realizadas, as patologias estão sendo identificadas e devidamente documentadas para posterior encaminhamento. A ação inclui ainda a realização de exames de correção visual, quando for o caso.  
 
Sobre esse ponto, Liscel destaca outra importante ação que está sendo realizada em Corrente. “Nós identificamos que na maioria das vezes as pessoas que precisam de correção visual recebem as receitas médicas para a confecção de óculos, mas não tiêm condições de adquiri-os nas óticas devido ao seu alto custo. Por isso nós também pleiteamos junto à Secretaria e, através de emendas de alguns deputados, nós conseguimos a destinação de recursos  para disponibilizar armações e lentes à preços de custo, alguns deles até gratuitos. São óculos de primeira linha e quando o paciente trouxer 2kg de alimento não perecível, ela recebe ainda o desconto de R$ 50 reais, que serão destinados às famílias carentes do município”, colocou.
 
Em Corrente a ação acontece na zona urbana até o dia 2, próxima sexta-feira. Na zona rural, os atendimentos seguirão o seguinte cronograma:  05/08 -  Riacho Grande,  06/08 -  Santa Marta, dia 07/08 - Fazenda de Cima, dia 08/08 - Simplício e dia 09/08  - Morro Redondo. Para realizar uma consulta, o cidadão deverá procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima a sua residência munido de documentos pessoais e cartão do SUS.
 
A secretária municipal de Saúde, Lindaura Perpétua Cavalcanti, comemora a parceria. “Devemos valorizar essa ação em saúde tão grandiosa no nosso município, muitas são as pessoas que serão beneficiadas com os serviços de médicos especializados, pois a nossa demanda é grande e muitos necessitam de cirurgia. Essa será uma forma de agilizar todo o processo. Não posso deixar de parabenizar o prefeito Murilo que buscou essa parceria com a SESAPI para trazer esse benefício pra população”.
 
Além de Corrente, nas próximas semanas serão contemplados os municípios de Cristalândia, Sebastião Barros, Riacho Frio e posteriormente outros municípios.
 
Ao todo 76 municípios já participaram do projeto Ação Popular Piauí, tendo sido as regiões do município de Picos já agraciadas com o mutirão de cirurgia, assim como a região do Médio Parnaíba. Somente no primeiro dia já foram atendidas mais de 200 pessoas no município de Corrente.

Fonte e fotos: portal corrente