Cidadeverde.com

Lukano Sá é eleito prefeito de Oeiras com 52,04% dos votos

O candidato Lukano Sá venceu as eleições de  Oeiras com 52,04% dos votos. A diferença dele para Tapety Neto (PMDB) foi muito pequena, já que o segundo colocado ficou com 43,37% dos votos.


O candidato Edmilson Carvalho do PT teve 4,26% dos votos e Carlão do Psol teve apenas 0,34% dos votos. Cerca de 4907 eleitores não compareceram as urnas, o que representa 18,17% do número total de eleitores que é de 22.106. Na cidade foram computados 296 votos em branco e 951 votos nulos.

Lukano Sá é filho do ex-prefeito cassado de Oeiras B.Sá.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Transmissão de dados para apuração dos votos será por satélite

O juiz da 5ª Zona eleitoral, João Antônio Bittencourt Braga Neto, discorreu sobre questões referentes às eleições municipais, que serão realizadas neste domingo, 07. A promotora eleitoral, Gilvânia Alves, também participou da reunião com a imprensa.


O juiz explicou que a transmissão dos dados da apuração dos votos dos municípios que compõem a 5ª Zona Eleitoral – Oeiras, Cajazeiras do Piauí, Colônia do Piauí, São João da Varjota, São Francisco do Piauí, Santa Rosa do Piauí e São Miguel do Fidalgo – vai acontecer através de satélite, internet e intranet. A expectativa da Justiça Eleitoral é que a apuração dos votos nos municípios da 5ª Zona seja concluída até às 22h do domingo.

Antônio Bittencourt ainda alertou que a prática de boca de urna configura crime eleitoral e acrescentou que sábado a partir das 22h é proibida realização de qualquer tipo de propaganda eleitoral. “Qualquer tentativa de ‘prostituir’ a consciência do eleitor é considerada crime eleitoral e a polícia estará orientada no sentido de prender essas pessoas e conduzi-las até a delegacia”, pontuou o juiz, acrescentando que o crime tem pena de detenção de seis meses a um ano e multa varia de 5 a 15 mil Ufirs.


Com informações Muraldavila
cidades@cidadeverde.com

Juiz eleitoral convoca eleitores retardatários da 5ª zona a receber títulos

O juiz da 5ª zona eleitoral João Antônio Bittencourt Braga Neto, convoca todos os eleitores que ainda não receberam os títulos de eleitores a comparecerem à sede do cartório eleitoral para receberem o documento até a próxima sexta feira (05). 


Os eleitores das demais cidades que compõem a 5ª Zona Eleitoral, Cajazeiras do Piauí, Colônia do Piauí, São João da Varjota, São Francisco do Piauí, Santa Rosa do Piauí e São Miguel do Fidalgo também devem comparecer ao Fórum Eleitoral para o recebimento da documentação. 

O magistrado informou ainda que os eleitores que não tiverem com o título no dia da eleição poderão votar desde que apresente qualquer outro documento de identificação com foto e que seu nome conste da folha de votação.


Com informações Folhadeoeiras
cidades@cidadeverde.com
 

Exército e Polícias Federal, Militar e Civil atuarão durante as eleições

Sendo Oeiras umas das cidades do estado do Piauí onde normalmente as eleições transcorrem em clima muito tenso, por determinação da justiça eleitoral foi pedido um reforço policial para as eleições deste domingo 07 de outubro. 


No município os candidatos Edmilson Carvalho (PT), Carlão (Psol), Tapety Neto (PMDB) e Lukano Sá (PSB) disputam o cargo de prefeito. Ao cargo de vereador 58 candidatos disputam um das 11 vagas no legislativo municipal. 

Segundo Leonardo Fonseca Barbosa, chefe do cartório, equipes do Exército e das Polícias Federal, Civil e Militar atuarão durante as eleições para garantir a segurança. 

Além de garantir a tranquilidade do pleito, o reforço policial também visa coibir crimes eleitorais. As equipes atuarão nas seções eleitorais e também em diversos pontos da cidade. 

De acordo com o chefe do cartório da 5ª Zona Eleitoral, o reforço policial para as eleições de Oeiras foi solicitado pelo juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto.


Com informações Folhadeoeiras
cidades@cidadeverde.com

Escola cancela as aulas por conta de incêndio em Oeiras

Um incêndio de grandes proporções causou susto na população de Oeiras na tarde desta sexta feita (21). O fogo começou por trás do Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Desembargador Pedro Sá.

Fotos: Folha de Oeiras

O fogo se alastrou logo e ganhou grandes proporções. A área aberta do Centro desportivo Dr. Laurentino Pereira Neto foi quase totalmente queimada em virtude da vegetação seca no local.

O fogo ameaçou as dependências internas da escola e as chamas foram impedidas por causa do muro que serviu de cordão de isolamento entre o incêndio e o prédio.


Por medida de segurança, as aulas do centro foram suspensas, pois além da ameaça do fogo invadir a escola, a nuvem de fumaça tomou conta das repartições da escola que tornando impossível a continuação do funcionamento normal das aulas.


Um grupo de alunos, professores e funcionários da escola se desdobraram para apagar o fogo. Em Oeiras ainda não existe se quer uma guarnição do corpo de bombeiros. Parte do bairro canela e todo o conjunto Nogueira Tapety estão cobertos por uma densa nuvem de fumaça.

A gerente da 8ª GRE, Marineide Soares, foi a escola para ver a dimensão do incêndio. Após ver o que o fogo provocou a gerente foi a delegacia para fazer um boletim de ocorrência para que a polícia apure as causas do incêndio.  


Fonte: Folha de Oeiras

Assembleia presta homenagem à empresária da Lili Doces

A morte da fabricante de doces caseiros Lili Doces, Elizabeth Sá, repercutiu na Assembléia Legislativa, com a apresentação de requerimento de pesar dos deputados Mauro Tapey (PMDB), Hélio Isaias (PTB) e Margarete Coelho (PP). De acordo com o teor do requerimento, Elizabeth era uma pessoa benquista em Oeiras, sua terra natal.

O prefeito de Oeiras Antônio Portela Sobrinho também prestou solidariedade à família e emitiu nota de pesar, nesta segunda-feira (17), sobre a morte da empresária, irmã do ex-prefeito de Oeiras, B.Sá e tia do candidato a prefeito pelo PSB Lukano Sá. 

A empresária Elizabeth Sá Lopes, 70 anos, morreu em acidente automobilístico neste domingo (16), e foi sepultada ainda nesta segunda. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas. 




Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Profissionais da saúde recebem treinamento sobre tuberculose

Profissionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), através da Coordenação de Doenças Transmissíveis, realizam treinamento para manejo clínico do tratamento da Tuberculose. O treinamento é voltado para profissionais de saúde envolvidos na prevenção, diagnóstico, assistência e tratamento da tuberculose.


Os treinamentos tiveram início no primeiro semestre deste ano, quando seis territórios foram visitados. Em Oeiras, os profissionais atuarão nesta quinta (13) e sexta-feira (14). 

“A equipe de instrutores conta com duas enfermeiras e um médico para repassar as atualizações e discutir casos, recomendações, protocolo do Ministério da Saúde e organização dos serviços de atenção a tuberculose. Os profissionais de saúde da estratégia saúde da família do território devem procurar informações na regional de saúde”, diz Karina Amorim, coordenadora de Doenças Transmissíveis da Sesapi, que explica que treinamento é composto de 4 módulos interativos com casos clínicos de perguntas e respostas.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Oeiras registra índices extremos de radiação ultravioleta no mês de setembro

Segundo informações do Centro de Estudos e Previsão do Tempo -CPTEC- a radiação solar para o mês de setembro em Oeiras está em sua escala mais alta, considerada extrema requerendo da população maior cuidado com a saúde.


De acordo com o INPE, a escala de radiação ultravioleta varia de 1 a 14, sendo que nesta, a radiação de 1 a 2 é considerada baixa, entre 3,4 e 5 a radiação é moderada, entre 6 e 7 a escala considera a radiação como alta. Já os valores 8 e 9 são considerados muito alto e os índices 11,12,13,14 a radiação é extrema.

Durante todo este mês de setembro a radiação na cidade de Oeiras estará com índice 12, ou seja, extrema. A radiação ultravioleta é extremamente prejudicial á saúde humana, causando danos principalmente aos olhos é a pele.

Doenças nos olhos como catarata e na pele como queimaduras e até o câncer, requere da população alguns cuidados especiais. A orientação é que as pessoas façam o uso de camisa, boné, protetor solar, evitar o sol ao meio dia e permanecer sempre que possível na sombra, além de consumir bastante líquido.

Ainda segundo o Centro de Pesquisa Meteorológica, a temperatura máxima na cidade de Oeiras durante toda esta semana estará sempre oscilando na casa de 37ºc e 38ºc. A possibilidade de chuvas nesse período é 0%.

Como se proteger

- roupas e chapéus - prefira os de tecido sintético. Uma blusa de algodão branca, por exemplo, deixa passar 20% da radiação ultravioleta. Se possível, invista em viseiras e camisetas de tecidos tratados contra os raios, que chegam a oferecer mais de 90% de proteção

- óculos escuros - devem sempre ter lentes que protejam os olhos dos raios ultravioleta. Peça para a ótica o certificado e nunca compre óculos de sol em camelôs

- Protetor solar - observe se o filtro tem proteção contra os raios UVA e, principalmente, UVB. O fator depende do tipo de pele: quanto mais claro for, maior ele deve ser. No geral, recomenda-se fator 30. Lembre-se de aplicar o filtro em grande quantidade (o recomendável são 30 g para uma pessoa de 70 kg) e de reaplicá-lo, principalmente após entrar na água ou suar.

Fonte: Folha de Oeiras

Assis consegue incluir Universidade Federal para Oeiras no orçamento de 2013

O deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) conseguiu incluir, no Orçamento 2013 do Governo Federal, o projeto de expansão da Universidade Federal do Piauí (UFPI) para Oeiras. O parlamentar, que é membro da CMO (Comissão Mista do Orçamento), conseguiu a inclusão através do presidente da CMO, deputado Paulo Pimenta (PT/RS), e do presidente da subcomissão de Educação, deputado Waldenor Pereira (PT/BA). "A região de Oeiras precisa ter acesso a cursos voltados para as potencialidades regionais de modo a promover o desenvolvimento do estado", disse o parlamentar. O centro de ensino superior deverá atender a 17 municípios da região.


Desde 2009, o Deputado Assis desenvolve ações visando a implantação da Universidade em Oeiras para atender a região do Vale do Canindé com sete cursos, sendo cinco bacharelados e duas licenciaturas. A doação do terreno para construção da sede foi conseguida há dois anos, quando o reitor assinou protocolo de intenções e a equipe da UFPI elaborou projeto, que está orçado, inicialmente, em R$ 350 milhões. No final do ano passado, o deputado Assis conseguiu incluir recursos no Plano Plurianual para expansão da UFPI.

Em maio deste ano, durante reunião com a bancada federal do PT em Brasília, o ministro da Educação, Aluízio Mercadante, havia assegurado a criação de uma Universidade Federal na cidade de Oeiras, garantindo a continuidade do processo de estudo do projeto através de análise de equipes do Ministério da Educação.


Mais UFPI. No ano passado, o deputado Assis também conseguiu o empenho de R$ 1,8 milhão de emenda parlamentar para o campus de Bom Jesus. E articula a implantação de um campus da UFPI em Esperantina para atender a região dos Cocais que precisa de maior qualificação para desenvolver potencialidades como a piscicultura.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Seduc realiza primeira aula do curso de apicultura em Oeiras

O curso de Apicultura que executa a implantação e o manejo de apiário para beneficiamento e comercialização de mel e cera da primeira turma de 2012 em Oeiras, teve sua aula inaugural nesta segunda-feira (03), no Centro Estadual de Educação Profissional (CAIC) Professor Balduíno Barbosa de Deus, localizado no Vale Quem Tem.


A Secretaria Estadual de Educação e Cultura do Piauí (Seduc), através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), inaugurou na 8ª Gerência Regional de Educação (GRE), em Oeiras, um dos cursos oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural- Administração Piauí, que vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Piauí, visa a formação profissional rural e a promoção social de homens e mulheres do campo e suas famílias, garantindo seu sucesso no mercado de trabalho.

O público alvo do curso são estudantes de Ensino Médio e de Educação de Jovens e Adultos  (EJA) da Unidade Escolar Rocha Neto. Formada por 15 alunos, a turma Apicultor ?M1-2012? terá aula presencial teórica e prática de segunda a sexta, das 8h às 12h, com duração de dois meses, completando uma carga horária de 160 horas.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com
 

Posts anteriores